"Teoria sobre um Planeta Estranho", de Marco Antônio Pereira, é o único representante mineiro entre os concorrentes da categoria de curas-metragens brasileiros do 47ª Festival de Cinema de Gramado, que acontecerá de 16 a 24 de agosto.

O filme,realizado em Cordisburgo, é uma metáfora visual sobre o amor, a morte e o cotidiano. "Teoria" é o terceiro curta de Pereira, que já ganhou três Kikitos no festival com "A Retirada de um Coração Bruto", no ano passado.

A categoria recebeu 777 inscrições para a mostra competitiva, número que superou os 365 títulos recebidos em 2018. A representatividade territorial também chama a atenção. Vinte e quatro estados inscreveram suas produções. Os 14 títulos selecionados representam oito estados e o Distrito Federal.

 Os concorrentes disputam dez prêmios oficiais, num total de R$ 60 mil, além do Júri Popular e da Crítica. Também é entregue o Prêmio Canal Brasil. 


Curtas-metragens selecionados

 

Teoria sobre um planeta estranho

Direção: Marco Antônio Pereira

Estado: Minas Gerais


A pedra

Direção: Iuli Gerbase

Estado: Rio Grande do Sul


O balido interno

Direção: Eder Deó

Estado: Pernambuco


Menino pássaro

Direção: Diogo Leite

Estado: São Paulo


O véu de Amani

Direção: Renata Diniz

Estado: Distrito Federal


A ética das hienas

Direção: Rodolpho de Barros

Estado: Paraíba


A mulher que sou 

Diretora:  Nathália Tereza

Estado: Paraná 


Sangro

Direção: Tiago Minamisawa e Bruno Castro

Co Direção: Guto BR

Estado: São Paulo

 

Um tempo só

Direção: Lane Alves

Estado: São Paulo

 

E o que a gente faz agora? 

Direção: Marina Pontes

Estado: Bahia

 

Marie 

Direção: Leo Tabosa

Estado: Pernambuco 


 

Apneia 

Direção: Carol Sakura e Walkir Fernandes

Estado: Paraná 

 

Amor aos vinte anos 

Direção: Felipe Arrojo Poroger e Toti Loureiro

Estado: São Paulo

 

Invasão espacial 

Direção: Thiago Foresti

Estado: Distrito Federal