Nesta quinta (25), às 19h30, Cristian Borges, professor da ECA-USP, e Inês Bogéa, diretora da São Paulo Companhia de dança, realizam o debate "Perspectivas da dança como cinema", no Centro Universitário Maria Antonia, na r. Maria Antonia, 258, tel. (11) 3123-5200. 

A conversa faz parte da programação "Dança como Cinema", curada por Borges em parceria com o pesquisador francês Xavier Baert, da Cinémathèque de la Danse, do Centro Nacional da Dança de Paris. A mostra fica em cartaz no Cinusp Paulo Emílio (na Cidade Universitária) e na sala Carlos Reichenbach do Maria Antonia até o dia 4/9. 

Foram escolhidos 50 curtas, vários raros e inéditos no Brasil,além dos longas "O Grande Mestre", obra recente de Wong Kar-Wai, e "Belezas em Revista", coreografado por Busby Berkeley. Os curtas foram divididos em sessões autorais (com nomes como Maya Deren, José Agrippino de Paula e Maria Esther Stockler, Norman McLaren, Philippe Decouflé e Ed Emshmiller) e sessões temáticas (Primeiros Passos, Diretoras e Coreógrafas, Danças Visionárias, Corpos Animados, Dança em Cena e Corpos de Imagens). 

A seleção mostra as várias abordagens deste gênero que parte da dança e avança para a linguagem audiovisual. Já o debate desta quinta será uma reflexão sobre este tipo de dança que vai além do mero registo e só existe no cinema e o o gênero de filme que só é possível criar com a dança.

PERSPECTIVAS DA DANÇA COMO CINEMA

QUANDO: qui., 25, às 19h30

ONDE: Centro Universitário Maria Antonia, r. Maria Antonia, 258, tel. (11) 3123-5200

QUANTO: grátis