Quem passou pela avenida Cônsul Antônio Cadar, no bairro São Bento, região Centro-Sul de Belo Horizonte na noite desta sexta-feira (4), não pôde deixar de se encantar com o cheiro que saía de uma grande panela. A paella mineira preparada pela chef Cidinha Lamounier e alunos do curso de gastronomia da Faculdade Promove foi a estrela do cardápio no restaurante Verdinho.

A aula de Cozinha Contemporânea aconteceu, excepcionalmente, em um espaço diferente, para que os alunos pudessem ter um maior contato com a verdadeira prática. Além da paella mineira, preparada na varanda do restaurante, os estudantes também trabalharam na feitura da entrada e da sobremesa. "Para os alunos é muito legal essa experiência, porque eles têm contato com o público", diz Cidinha.

Todos pratos trouxeram uma fusão entre a cozinha internacional e a mineira. A entrada foi uma sopa creme de milho verde fresco, inspirado na gastronomia francesa.

Já o prato principal, em vez de frutos do mar, apresentou carnes típicas do dia a dia das cozinhas mineiras. Foi preparado com carnes de porco e frango, arroz, cheiro verde, torresmo, tomatinhos azeitados, entre outros ingredientes. O preparo durou cerca de uma hora e chamou a atenção de muitas pessoas que passavam pela avenida. “Mantivemos a técnica da paella espanhola, mas com ingredientes que têm a nossa cara. A paella é um prato de confraternização na Espanha e aqui também pode ser”, afirma a chef Cidinha.

Para a sobremesa, a França foi mais uma vez a inspiração. Foi servido um pétit gateau de goiabada com queijo acompanhado de sorvete de doce de leite. Quem pediu pelos três pratos pagou R$ 48. Só a paella custou R$ 25.