SÃO PAULO - Internado desde o dia 17 de dezembro no CTI (Centro de Terapia Intensiva) do Hospital Santa Joana, no Recife, o músico Dominguinhos, de 71 anos, continua a fazer sessões de hemodiálise e a respirar com auxílio de aparelhos, após sofrer uma parada cardíaca na terça-feira (8), rapidamente controlada.

A nota afirma, ainda, que Dominguinhos ainda faz tratamento antimicrobiano, respira com ajuda de aparelhos e a usa um marca-passo temporário, que auxilia no controle dos batimentos cardíacos.

Desde o último domingo (6), o músico teve que se submeter ao tratamento de hemodiálise -intervenção médica que consiste na remoção de substâncias tóxicas do sangue. O procedimento se deve ao "comprometimento da função renal" do músico.

De acordo com o comunicado, o artista mantém-se sem sedação, sonolento e sem estabelecer contato.

Dominguinhos foi internado com um quadro de infecção respiratória e arritmia cardíaca.