O muralista brasileiro entrega nesta quarta-feira (22), em Tóquio, o mural “Rio”, de 54,4m por 10,6m, na região de Minamikebukuro-Toshima. O trabalho traz uma releitura de ícones da cidade do Rio e impressiona por suas cores e dimensão. “Apesar de todos os sérios e graves problemas vividos pelo Rio, permaneço apaixonado pela cidade e achei que era um bom momento para mostrá-la em meus trabalhos”, diz.

Além disso, Kobra fez na capital japonesa, no alto de um prédio, um 3D, repleto de elementos presentes na cidade maravilhosa, para as pessoas interagirem. Também pintou a Bossa Nova, no muro da embaixada brasileira. Kobra, que viajou para Tóquio no dia 4 de junho volta, hoje, para São Paulo. De lá segue para o Rio de Janeiro para uma intervenção: um muro de quase três mil metros quadrados, próximo ao Museu do Amanhã, sobre os Jogos Olímpicos. 

Ao final de agosto, Eduardo Kobra fará em São Paulo um mural do ex-jogador e técnico holandês Johan Cruyff; e em Amsterdã, um mural com tema ainda indefinido.