Nos dias 29 e 30 de novembro, concretiza-se a retomada de um importante movimento da valorização da Música Popular Brasileira em Belo Horizonte. Trata-se do Encontro Minas na MPB, que tem como objetivo prestigiar e valorizar os artistas mineiros, muitas vezes, relegados ao anonimato. 

O encontro, que está na 11º edição, ficou suspenso por quatro anos. Mas neste ano, a retomada vai reavivar a missão dos anos anteriores, valorizando e difundindo os compositores. Afinal, o trabalho destes artistas, que conseguem extrair as letras e melodias do mundo das ideias para transferí-las ao mundo real, é um resgate do verdadeiro significado da música. 

Encontro Minas da MPB


"A iniciativa serve para enfatizar o protagonismo dos compositores no processo de criação musical, sem os quais, não existiria a figura do intérprete", explica o compositor Zé Teixeira, idealizador do encontro. 

O evento contará com lançamento do catálogo das 10 primeiras edições, além de uma programação eclética, e promete duas noites espetaculares de valorização cultural, com forte presença feminina, já que as mulheres também tem lugar garantido na música instrumental, moda de viola, entre outras vertentes da MPB. 

O evento acontece no Sesc Venda Nova, com ingresso mediante doação de um quilo de alimento não perecível. A arrecadação será destinada ao Mesa Brasil SESC, um banco nacional de alimentos contra a fome e o desperdício.

* Com Maiara Brito, sob supervisão de Cassia Eponine. 

Leia mais:

14 Bis comemora quatro décadas de trajetória musical com lançamento de songbook
Gravadoras evitam lançar discos de João Gilberto por temer pendência judicial
Ritmo para aprender: música ajuda no desenvolvimento cognitivo, motor, social e emocional