Participante do BBB 22, mineira Natália tem vídeo íntimo vazado e equipe promete 'medidas cabíveis'

Raíssa Pedrosa
rrezende@hojeemdia.com.br
19/01/2022 às 13:02.
Atualizado em 21/01/2022 às 12:16
 (Reprodução/ Instagram)

(Reprodução/ Instagram)

A mineira Natália Deodato, participante do BBB 22, da TV Globo, teve um vídeo íntimo vazado nas redes sociais na madrugada desta quarta-feira (19). A ação gerou revolta em vários internautas, que lembraram que a divulgação de imagens de conteúdo sexual sem consentimento é crime previsto na Lei Nº 13.718/2018.

A equipe que gerencia as redes sociais da sister prometeu tomar as medidas cabíveis contra o responsável pela divulgação do conteúdo e pediu que os internautas denunciem todas as publicações que contenham o vídeo.

Isso è muito sério e nenhuma pessoa deveria passar por essa exposição. Pedimos que denunciem todas as publicões e também perfis que estão compartilhando. Precisamos derrubar esse conteúdo e precisamos da ajuda de vocês!#TeamNaty — Natália Deodato (@oficial_deodato) January 19, 2022

A ex-participante do reality, Lumena Aleluia, do BBB 21, usou suas redes sociais para declarar apoio à Natália e também pedir para que o conteúdo seja denunciado.

NÃO TÁ AUTORIZADO!Papo retão: não é Lumãe não viu, é a lei.Natália está sendo vítima de um crime.Segundo o código penal brasileiro é crime divulgar material íntimo, cena de sexo, nudez ou pornografia, SEM CONSENTIMENTO.Tá autorizado denunciar muito o vídeo.— Lumena Aleluia (@LumenaAleluia) January 19, 2022

Sobre o compartilhamento das imagens, internautas repreenderam a atitude.

Uma galera pedindo o vídeo íntimo vazado da Natália num grupo aqui do BBB. Gente sem noção— Arthur (@ArthurCesario2) January 19, 2022
Vazamento de vídeo íntimo é crime.Não dê RT, nem comente o vídeo da Natália do BBB que está circulando. Se passar por você, apenas denuncie a postagem.— Keilla Vila Flor (@KellVila) January 19, 2022
Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por