Quem curte o movimento cultural conhecido como Tropicalismo ou Tropicália, que surgiu no Brasil no fim dos anos 60, não pode perder o musical “Contra o Vento (um musicaos)”. Em cartaz  até 4 de outubro, em Belo Horizonte, no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), a  peça foi montada a partir dos antigos moradores do Solar da Fossa – lendária pensão que existia no Botafogo, Rio de Janeiro, que, hoje, abriga um grande shopping carioca, o Rio Sul.

Entre os hóspedes, nomes ilustres como Caetano Veloso, autor de “Alegria, Alegria”, que serviu de inspiração para o título do espetáculo devido ao verso inicial da canção. Também viveram na pensão Gal Costa, Tim Maia, Paulo Leminski, Paulo Coelho, Aderbal Freire-Filho, Magro (MPB 4), Capinan, Zé Kéti, Paulinho da Viola, Guarabyra, Naná Vasconcelos, Maria Gladys, Claudio Marzo, Betty Faria, Ruy Castro, Nelson Ângelo, Sueli Costa, Cristovam Buarque, entre outros expoentes.

“Fictício, o espetáculo parte do pressuposto que foi encontrado um diário no Solar da Fossa durante a demolição do prédio para a construção de um shopping center. Só que as páginas estão embaralhadas e a gente precisa organizá-las. Para isto, a cada apresentação, o público escolhe a ordem em que será contada a história”, explica o diretor da peça, Felipe Vidal.

Ao todo, 13 atores sobem ao palco para interpretar 12 músicas originais. As canções têm inspiração nos estilos musicais dos anos 1960, em especial no Tropicalismo. A estética dos figurinos também remete à época, resgatando a atmosfera do final da década de 60 e início de 70. “No espetáculo, além de cantar as músicas, os atores tocam os instrumentos. E todos os personagens são fictícios, mas construídos a partir das histórias que aconteceram no Solar. Os personagens agregaram características destas pessoas que viveram lá e são como se fossem vizinhos dos reais”, destaca Vidal.


SERVIÇO

"Contra o Vento (um musicaos)"

Temporada: até 4 de outubro

Horário: quinta, sexta, sábado e domingo, às 19h

Local: Teatro 1 
- Centro Cultural Banco do Brasil (Praça da Liberdade, 450 – Funcionários)

Ingressos: R$10 (inteira) e R$5 (meia)

Gênero: musical

Duração: 135 minutos

Classificação etária: 16 anos

Informações:  (31)3431-9400