A Netflix publicou na segunda-feira, (28), um alerta sobre os elogios que seu público tem feito ao assassino da série "Conversando com um serial killer: Ted Bundy". Segundo o serviço de streaming, alguns fãs da obra têm elogiado a beleza física do norte-americano Ted Bundy, que estuprou, decapitou e fez sexo com os corpos de 30 mulheres, nos Estados Unidos.


"Eu (Netflix) vi pessoas falando sobre Ted Bundy, dizendo que ele é sexy e eu gostaria de lembrar gentilmente que há milhares de homens sexies na plataforma. Quase todos não são assassinos condenados", escreveu a equipe.

Outra usuária afirmou sentir nojo dos elogios: "Eu tenho nojo da sexualização sobre Ted Bundy. As mulheres rastejam para me explicar como ele era charmoso. Foi assim que ele matou mulheres".

Não é a primeira vez que a Netflix faz alertas sobre o comportamento do público. Recentemente, a plataforma pediu aos fãs de "Bird Box" para que não andassem ou dirigissem com olhos vendados. Algumas pessoas se acidentaram tentando imitar os personagens da série.