Nesta terça-feira (20), teve início a pré-venda de ingressos para os shows que a banda Metallica fará no Brasil em abril de 2020. Mas, muitas pessoas que entraram no site da Eventim -- empresa que está fazendo a comercialização das entradas --, pela manhã, para fazer a compra, não encontraram a opção de meia-entrada para a Pista Premium. O problema ocorreu com pessoas de diferentes Estados, interessadas em adquirir ingressos para shows em Belo Horizonte e outras três cidades (São Paulo, Curitiba e Porto Alegre).

No site Reclame Aqui, há algumas denúncias de pessoas que não conseguiram adquirir a modalidade do ingresso, todas sem resposta da Eventim, até as 17h desta terça. Segundo um dos reclamantes, o problema já teria acontecido anteriormente com o mesmo site, quando tentou comprar um ingresso de meia-entrada para o show de Bon Jovi. “Tenho provas que estava online na abertura da venda e não consegui minha meia-entrada premium”, escreveu o consumidor. O ingresso integral para a Pista Premium custa R$ 740, enquanto a meia-entrada sai por R$ 370. 

De acordo com a Eventim, devido à grande procura, os ingressos de meia-entrada no setor Pista Premium na pré-venda já tiveram sua cota atingida para o show em Belo Horizonte. "De acordo com a Lei vigente, dentro da cota disponibilizada para esta pré-venda, foram garantidos 40% dos ingressos como meia-entrada em todos os setores, o que inclui a Pista Premium", afirmou a empresa, reforçando que também se esgotaram os ingressos de PCD em Pista Premium na pré-venda.

O site diz ainda que novos ingressos de meia-entrada estarão disponíveis de acordo com a lei vigente no período de venda para público geral, respeitando a cota de ingressos disponibilizada para ele. A venda tem início nesta quinta-feira (22), às 10h pela internet (www.eventim.com.br), e às 12h na bilheteria oficial (Estádio Mineirão e, a partir do dia 24 de agosto, na Loja Eventim, no Shopping 5ª Avenida).

Direito do consumidor

De acordo com o promotor de Justiça de Defesa do Consumidor de Belo Horizonte Paulo de Tarso Morais, a empresa responsável pela venda dos ingressos deve distribuir as opções de meia-entrada de maneira proporcional para todos os setores. A lei indica que 40% das entradas sejam reservadas ao público que tem direito à meia-entrada – estudantes e idosos.

Segundo ele, quem não conseguiu efetuar a compra de maneira desejada e se sentiu lesado pode procurar o Juizado Especial de Relação de Consumo (rua Curitiba, 632, Centro, Belo Horizonte) e protocolar a reclamação. “Pode pedir uma decisão de tutela antecipada, para garantir a meia-entrada. Eu, no lugar do consumidor, compraria o ingresso pelo valor integral e depois procuraria na Justiça o ressarcimento em dobro, já que, quando há uma cobrança indevida, a empresa deve ressarcir o cliente em dobro”, explicou.

Confira os valores dos ingressos para o show no Mineirão:

Metallica

Leia mais:
Venda de ingressos para o show do Metallica começa nesta terça; entradas podem custar até R$ 9.900