Janeiro é um dos meses mais esperados pela criançada. Época das férias escolares, é momento de se divertir na praia, curtir o sítio dos avós ou mesmo desfrutar de outras viagens com a família. E para quem não conseguiu fazer as malas e acabou ficando na cidade? É hora de brincar!

Para alegria dos pequenos e alívio das mães e dos pais que seguem trabalhando neste mês, são muitas as opções de lazer e entretenimento em Belo Horizonte. De museus a shoppings, não faltam programações gratuitas ou a preços populares destinadas ao público infantil. 

Um dos espaços que conta com agenda especial é o Museu dos Brinquedos, no bairro Funcionários, região Centro-Sul da capital. Além da programação fixa, durante todo janeiro haverá atividades recreativas agendadas e colônia de férias. 

“Neste mês, o diferencial é a oficina de comidinhas de mentirinha, que não é só para as meninas, mas também para meninos, pais, avós, a família inteira. A oficina utiliza o imaginário infantil para inventar pratos como sushi, pizza e bolo”, conta Paula Mendes, coordenadora do educativo do museu.

Além da oficina – que vai acontecer até 2 de fevereiro, de segunda a sábado, às 10h30 e às 14h30 –, o Museu dos Brinquedos também sediará o projeto “Brincar de Cozinha de Verdade”. “É uma parceria com a Pif Paf Alimentos e a Cozinha Vitrine. Teremos uma estrutura segura, com um chef (Felipe Leroy) que vai ensinar a fazer receitas como biscoitos e brigadeiros, mostrando para as crianças a diferença entre comer e se alimentar”, afirma Paula Mendes, ressaltando que a atividade acontece de 15 de janeiro a 2 de fevereiro, de segunda à sábado, às 16h.

Resgate

A programação fixa do Museu dos Brinquedos, criado em 2006 com o objetivo de valorizar as brincadeiras de criança, também é muito atrativa. “Temos a exposição de brinquedos, com acervo voltado para a interatividade das crianças, que aprendem um pouco sobre as peças e o colecionismo. Sem contar o pátio, que resgata as brincadeiras de rua, como a perna-de-pau e o bambolê”, coloca a coordenadora do educativo. 

A valorização da infância é o principal objetivo da programação – que ainda conta com colônia de férias de 21 a 26 de janeiro. “A missão do museu é promover o contato com o lúdico e preservar o patrimônio imaterial que é a infância. Resgatamos as brincadeiras do passado, dando oportunidade para as crianças saberem como seus avós brincavam, mas também mostramos novas formas de brincar, sempre valorizando o contato humano, o pisar na grama, o correr”, defende.

Nova geração

Gerente de marketing do Pátio Savassi, Marcelo Portela explica que o shopping da região Centro-Sul também reservou uma programação especial voltada para as brincadeiras “de verdade”. “Temos um teatro para 100 pessoas, que foi reformado no ano passado, e vamos receber 67 peças da Campanha de Popula-rização Teatro & Dança. Todas a preços acessíveis, sendo metade delas voltadas ao público infantil”, destaca, citando espetáculos como “A Liga da Justiça” e “O Pequeno Príncipe”. 

“A partir do dia 11, receberemos a oficina gratuita ‘Bololofos’, que materializa a imaginação. A criança desenha um boneco que ela gostaria de fazer e sai de lá com ele em pelúcia. Além disso, temos o cinema e o espaço ‘Tangolangomango’, uma casa de brinquedos voltada para o desenvolvimento das crianças na primeira infância. Não tem nada eletrônico”, descreve Portela. 

Oferecer ambiente desconectado das tecnologias atuais é proposta do Pátio Savassi. “Como a nova geração está cada vez mais ligada no on-line, no computador e no celular, o Pátio busca oferecer o máximo de alternativas possíveis de brincadeiras diferentes, que os pais dificilmente têm em casa”.

Programação férias 2019

Clique para ampliar ou salvar

Leia mais:

Internautas compartilham 'desafio Bird Box' e Netflix se pronuncia

Fé e resistência marcam os 10 anos do Festejo do Reinado em Ouro Preto

Filme explora amor paterno sem recompensa; 'Meu Querido Filho' estreia em BH