A última edição do Duelo de MCs Nacional, em Belo Horizonte, em dezembro do ano passado, foi histórica. Durante o evento, que reuniu cerca de 50 mil pessoas na Rua Aarão Reis, no Centro, diversos artistas urbanos da cidade criaram telas de diferentes estilos, tamanhos e temáticas. 

Para ajudar a pagar os custos da maior batalha de MCs improvisadores do Brasil, a Família de Rua realiza amanhã, n’A Central, um leilão com obras de 12 artistas que participaram do evento. São eles: Binho Barreto, DMS, Fênix, Fhero, Krol, Raquel Bolinho, Somal, Surto, Testa, Tina Soul, Viber e Wanatta. Todas as obras foram cedidas pelos artistas para o leilão. 

Em 2018, os recursos de patrocínio e apoio arrecadados para o Duelo de MCs Nacional não foram suficientes para custear todas as ações do projeto e a Família de Rua ficou com uma dívida de 12 mil reais. Diante da necessidade de arcar com os compromissos assumidos, surgiu a ideia de promover o leilão, que também terá, à venda, fotografias que registram os 11 anos de história do Duelo de MCs.

Em sua última edição, o Duelo Nacional realizou seletivas em todos os estados brasileiros e consagrou como campeão o rimador MC Miliano, do Mato Grosso do Sul.

Serviço: Leilão de Obras no Duelo de MCs Nacional. Quarta-feira (13), às 19h30, n’A Central (praça Rui Barbosa, 104 – Centro). Entrada franca.