O embalo de 10 horas de música brasileira, tocada por cinco DJs, dão o tom à festa “Anarriê”, neste sábado (29), na Praça da Liberdade. O evento segue os moldes das festas comandadas pelos dois grupos organizadores, Transa e Sensualiza Beagá. Com a temática junina, os dois coletivos decidiram unir as propostas de inclusão LGBTQI para proporcionar um programa gratuito para o público que quer se divertir com segurança. 

“Gosto de dizer que não é uma festa LGBTQI, mas uma festa sobre respeito a quem quer que seja”, conta a DJ Carou Araújo, há sete anos à frente da festa Transa e que conta que houve poucos incidentes nestes eventos. “Nosso público entende o espírito da festa".

É o caso dos amigos Aline de Castro, de 29 anos, e Marcos Silva, 37. A ilustradora e o servidor público costumam ir às festas da Transa e apreciam o ambiente. “Não fica um ambiente opressor, ficamos mais à vontade e podemos curtir uma festa aberta e gratuita”, diz Marcos.

A festa na rua também atraiu a recepcionista Tassiani Oliveira, 32, que levou a filha Ágatha, de 6. “Fiquei sabendo pelo Facebook e vim do São Lucas pra cá. Só não vai dar pra ficar muito porque está cheio pra ela, mas dá pra aproveitar umas duas horas “.

Além de Carou Araújo, o setlist inclui os DJs Thales Albuquerque, Alfredo Francis, Bukzem e Lorena Lee, nomes aclamados no segmento. Lorena, inclusive, é uma das organizadoras da Sensualiza Beagá desde o ano passado, junto com Priscilla Pinheiros.

“São duas ideias de festas parecidas, então é uma ajudando a outra”, ressalta Lorena, que também destaca a majoritária participação de mulheres na realização do projeto.

Ambiente

Bebidas típicas e doces juninos compõem o cardápio. O correio elegante e a decoração do palco ajudam a ambientação junina da festa. Além disso, uma marca de catuaba patrocinadora recrutará um casal para ser influenciador da marca durante a Parada LGBT de Belo Horizonte, programada para o dia 14 de julho.

O evento ajudará uma causa social. A entrada é garantida pela doação de 1kg de alimentos não-perecíveis na portaria. O recolhido será destinado a uma creche localizada no bairro Pompeia. A festa começou ao meio-dia e está prevista para terminar às 22h.