Era uma reclamação recorrente, a de não encontrarem, na capital mineira, tantas opções assim, para os que já passaram a baliza dos 40 anos. Desafiada, a proprietária do restaurante Deli Fresh Food, Juliana Muradas, 42 anos, resolveu arregaçar as mangas. E coloca em cena a festa “Fourty - Love e Joy”, totalmente destinada aos “novos 30”, que acontece neste sábado (25), no Espaço Belo.
 
Sim, o público na faixa dos 40 não se encaixa 100% nas propostas oferecidas pela noite. “Muitos lugares dão preferência à faixa etária máxima de 30 anos”, diz ela. Mas que ninguém perceba, nessas palavras, um tom de lamúria. “É normal”, contemporiza Juliana. Para driblar o recorrente programa de ir a restaurantes, ela fez de sua casa um ponto de encontro de (muitos) amigos.
 
E a festa surge, agora, como um desdobramento. Em cena, muita música. Mas com uma ressalva: “Dos anos 80 e 90, e muito rock’n roll”. Com a meta de que seja realizada a cada quatro meses, Juliana afirma: “É um nicho de mercado que precisa ser preenchido”.
 
Para a administradora Carla de Laci, 42 anos, a festa temática “vem atender uma demanda de um público mais exigente”, pontua.
 
“Onde, afinal, estão as pessoas de 40 anos?”, questiona, por sua vez, a carioca radicada em Minas Gerais Ana Paula Fonte Boa, 48 aos. “Tudo hoje é voltado para os jovens. Você não encontra pessoas da minha geração nos lugares”, pondera a paisagista, que diz frequentar lugares “errados” por falta de opção.
 
Ela comenta que tem muitas pessoas solteiras nessa faixa de idade – e que essas querem interagir com seus contemporâneos. Ou mesmo casais que gostariam de conviver com outros pares da mesma faixa etária. “É difícil encontrar um lugar que atenda todas as gerações”, analisa a carioca, de coração mineiro, que acabou resolvendo, por entretenimento, agendar encontros, pequenas reuniões, com amigos, em sua casa.
 
Ela reitera, ainda, que as pessoas nessa faixa são muito ativas e querem sim, se divertir, cair na pista. “Na época da minha mãe, pessoas com mais de 40 anos já eram consideradas ‘velhas’. Hoje é diferente, essas pessoas vão à academia, malham, gostam de viajar e aproveitar a vida”, considera.
 
Boa parte desse público se comunica por redes sociais, mas falta espaço para interagirem de fato, de acordo com as entrevistadas. “São pessoas com vidas mais consolidadas, financeiramente estabelecidas e viajadas. E um espaço para haver troca dessas experiências e ideias é necessário”, pondera a idealizadora do evento.
 
O público será restrito a 200 pessoas. “A ideia é não passar disso, pois, assim, conseguiremos oferecer um ambiente agradável”.
 
“O objetivo é que as pessoas possam se divertir com conforto”, segundo Juliana Muradas, que aliás, vai brindar seu aniversário na festa, neste sábado (25).

Serviço

Festa Fourty – Neste sábado (25), no Espaço Belo (rua Orange, 67, São Pedro)
Valor: R$ 220 (mulher) e R$ 270 (homem); facebook.com/festafourty