A turnê de shows da 27ª edição do Prêmio da Música Brasileira chega a Belo Horizonte neste final de semana, com apresentações de Filipe Catto e Simone Mazzer no CCBB.

O espetáculo se concentra na obra de Gonzaguinha – homenageado dessa edição –, mas também passeia por músicas de seus repertórios próprios e canções de outros músicos que admiram, como João Bosco, Nei Lisboa, Letuce e a cantora canadense Lhasa de Sela. “Temos os mesmos pais musicais e a vontade de fazer algo juntos é antiga. Até que surgiu esse convite”, revela Cattto.

Apesar da dramaticidade latente no repertório que escolheram, o cantor afirma que esse é um show despojado, algo para todos se sentirem em casa. “Estamos muito à vontade nos ensaios. O público vai sentir isso e fazer parte dessa família”, assegura.

“Sangrando”, “Explode Coração” e “Comportamento Geral” foram algumas canções que eles pinçaram da obra de Gonzaguinha. “Essa última me fala mais alto pelo discurso pertinente. Parece que foi escrita ontem”, comenta Simone Mazzer, que levou o prêmio na categoria Cantora Revelação este ano.
 
De seu álbum “Férias em Videotape”, Simone vai cantar “Estrela Blue”. Já Filipe leva ao palco “Dias e Noites” e “Saga”. “Estamos contando uma história de força e amizade, e o fio condutor é Gonzaguinha”.

Serviço: Show Prêmio da Música Brasileira, no CCBB BH (Praça da Liberdade, 450). Amanhã e domingo, às 20h. Ingresso: R$ 20 e R$ 10 (meia)