PARATY - A Flip 2013 foi encerrada neste domingo (07) sem definição do autor que será homenageado na edição 2014. Entre os nomes cotados estão Rubem Braga, Lima Barreto, Mário de Andrade e Monteiro Lobato. Por causa da Copa do Mundo, ela acontecerá em agosto, mas os dias não foram anunciados.

Paraty recebeu cerca de 25 mil pessoas nos cinco dias do evento e a Flipinha, espaço reservado às crianças, registrou 12 mil acessos.Três estrelas que faziam parte da programação inicial não compareceram: o francês Michel Houellebecq, o norueguês Karl Ove Knausgard, alegando problemas pessoais, além do egípcio-palestino Tamim Al-Barghouti, por "extravio de passaporte". 

Uma carta do poeta, símbolo da Primavera Árabe no Egito, foi lida na mesa "Literatura e Revolução" da qual ele participaria, na tarde de hoje. Nela, ele se diz pesaroso de não ter vindo ao Brasil, e que queria, entre outras coisas, conhecer as favelas das grandes cidades brasileiras.

Com um autor homenageado de perfil político, o alagoano Graciliano Ramos, a Flip teve manifestação dos paratinenses fechando a ponte sobre o rio Perequê, bem próxima à tenda dos autores, e três mesas extras que discutiram os protestos pelo país.

O curador Miguel Conde alegou que as mudanças de última hora na programação tornaram impossível a definição do homenageado do próximo ano. Na coletiva de encerramento, a idealizadora do evento, Liz Calder, falou sobre evento similar que será realizado na Inglaterra, em outubro, a FlipSide. Entre os brasileiros confirmados estão Milton Hatoum e Bernardo Carvalho.

(*) A jornalista viajou a convite do Itaú Cultural