Começou no último dia 24 e vai até o próximo dia 1º de julho (quarta-feira) a VI edição da Feira de Vinhos do Super Nosso, uma boa oportunidade para o público belo-horizontino conferir as novidades e aprender um pouco mais sobre esse mundo incrível dos vinhos.

A Feira de Vinhos acontece no Espaço Meet (Av. Raja Gabaglia, 2.671 - São Bento), anexo à churrascaria Porcão. Hoje, vai das 13h às 20h. E durante a semana, das 16h às 13h. A entrada é franca.

O enólogo e consultor da rede Super Nosso, Gerson Lopes, comentou sobre o evento. “A Feira cresceu tanto nos últimos anos que hoje, em sua sexta edição, já é uma das cinco maiores feiras de vinhos do país, levando-se em conta numero de visitantes, qualidade e quantidade de palestras”.

Nesta edição, há vários convidados estrangeiros. Um deles, um argentino que foi o primeiro a conseguir 100 pontos no Parker, tem o apelido de Jimmy Hendrix, pois alem de produtor e enólogo consagrado da Monte Viejo, é grande guitarrista. “O vinho que ele trouxe tem tudo a ver conosco, pois se chama Kauzo, que em esperanto a língua universal, significa a união do povos. É como os nossos causos pelo interior de Minas, unindo a todos numa roda de prazer”.

Lopes lembra que a alta do dólar ainda não afetou os vinhos de menor preço, mas os mais caros estão ficando inviáveis. Segundo ele, o Super Nosso está vendendo mais de 100 mil garrafas por mês.

Feira de vinhos do Super Nosso traz rótulos selecionados

DÓLAR - O enólogo Gerson Lopes lembra que os vinhos mais baratos não foram afetados