A trajetória de queda nas vendas do varejo em 2014 pode indicar um reflexo do "arrefecimento da economia", segundo a pesquisadora Aleciana Gusmão, responsável pelos dados da Pesquisa Mensal do Comércio (PMC), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Nos primeiros meses do ano, o indicador registra um declínio da atividade de vendas. Em janeiro, houve alta de 0,4% na comparação com o mês anterior. Em fevereiro, o indicador ficou estável e em março, houve queda de 0,5%, também em comparação com o mês anterior. "A partir do momento que a economia não se comporta de uma forma tão boa isso tem reflexo no consumo das famílias e no comércio", avalia a pesquisadora.

Nas análises consolidadas do trimestre, entretanto, o comportamento do varejo é positivo. Na comparação com o trimestre anterior, o volume de vendas teve ligeira alta de 0,4%. Na análise com o mesmo trimestre em 2013, houve alta de 4,5% nas vendas.