Serão abertas, nesta terça-feira (6), as inscrições para o  Prêmio de Artes Cênicas de Minas Gerais serão abertas. Desta vez, o concurso foi distribuído em dois editais, o Prêmio de Circulação de Espetáculos Cênicos e o Cena Minas – 7ª Edição. O secretário de Estado de Cultura Ângelo Oswaldo destacou que, mesmo em meio a um cenário de crise, a premiação contará com investimentos de mais de R$ 2 milhões, provenientes da parceria com a Copasa, Instituto Sérgio Magnani e do próprio governo. Ao todo, 66 projetos ligados ao circo, dança e teatro, com, no mínimo um ano de atuação, serão contemplados – 12 a mais que em 2014. As informações foram repassadas nesta sexta-feira (2) durante coletiva de imprensa. 
 
“Com estes recursos, queremos atender a esta demanda imensa que vem tanto de Belo Horizonte quanto das diferentes regiões do Estado de Minas Gerais, já que o nosso propósito é o de sempre descentralizar”, afirmou o secretário de Cultura. Para isto, 65% dos prêmios serão, prioritariamente, destinados ao interior do Estado, desde que estejam dentro dos critérios estabelecidos pelo edital. 
 
O edital do Prêmio de Circulação tem valor de R$ 1,08 milhão e será divido em 36 prêmios de R$ 30 mil para os espetáculos de dança, circo e teatro. Já o Cena Minas conta com verba de R$ 990 mil e contempla as categorias Manutenção de espaços cênicos e Aquisição de equipamentos de materiais cênicos. Os projetos precisam ter, no mínimo, um ano de atuação.
 
Para além do prêmio
Segundo o superintendente de Interiorização e Ação Cultural da Secretaria de Estado de Cultura (SEC), João Miguel, nenhuma cidade de Minas conta com lei que facilite a atuação circense. Entre as dificuldades, ele relatou que, por se tratar de uma atividades itinerante, os profissionais do circo não costuma ter endereço fixo e, por isto, sofrem com a falta de acesso a serviços básicos de saúde e ensino público. “Ainda existem lugares em que até a entrada do circo é proibida. Por isto, estamos visitando as prefeituras e pedindo que elas garantam em lei  direitos a estes profissionais. Duas cidades, Lajinha e Guaranésia, já votaram a favor do projeto e mais 38 municípios estão encaminhando para que este movimento aconteça”, informou.
 
Conforme o superintendente, está prevista ainda a inauguração de um portal para o teatro mineiro em novembro. “O espaço vai permitir que o próprio segmento se conheça e vai dar mais visibilidade aos profissionais de teatro e também aos amadores, proporcionando, assim,  intercâmbio, trocas de experiências e criação de agendas culturais”, disse. 
 
Serviço
Prêmio de Artes Cênicas de Minas Gerais
Período de inscrições: 6 de outubro a 19 de novembro
Informações: cultura.mg.gov.br