“Olá, aqui é o Vinny. Eu acabei de finalizar as gravações de bateria para quatro músicas da banda brasileira Concreto. E o som está ótimo! Pesado, ótimas vozes e guitarras. Fiquem ligados, que vai ser grandioso”. O recado, gravado em vídeo, é de Vinny Appice, renomado baterista norte-americano, conhecido por sua passagem pelo Black Sabbath, na fase com o vocalista Ronnie James Dio (1980–1983). O músico refere-se ao EP “Lama”, prestes a ser lançado pelo Concreto, ícone da música pesada feita em Minas Gerais. 

A parceria começou em 2015, quando Appice fez uma turnê de workshops pelo Brasil. “Ele passou por algumas capitais, como BH, São Paulo e Rio. Em cada cidade, teve uma banda local de apoio. Aqui, pelo fato de o Concreto ter uma associação com o Sabbath, banda que tocávamos no início da carreira e que influenciou nosso som, fomos indicados para fazer esse apoio”, conta o baixista e vocalista Marcelo Loss. “Fizemos um show n’A Autêntica, tocando quatro músicas do Sabbath com o Vinny e, depois, músicas nossas. Foi incrível, ele se empolgou. Chegou a fazer um vídeo dizendo que tinha sido a banda com que ele mais gostou de tocar depois do Sabbath”, afirma.

Com a ponte feita, os mineiros sugeriram, pela internet, a participação de Appice em “Lama”. “Mandamos as músicas e ele topou na hora. Gravou as baterias em seu estúdio, em Los Angeles, e nos enviou de volta”, afirma Loss, contando um pouco sobre o novo trabalho. “O nome diz desse momento de ‘lama’ que vivemos no país e também faz referência à tragédia ambiental em Mariana. Uma forma de prestar nossa homenagem às vítimas e não deixar o desastre ser esquecido”.

Sons e planos

Sobre a sonoridade do EP, o músico afirma que as quatro faixas variam entre o peso do último trabalho (“Bruto”, 2015) e as inspirações progressivas do primeiro disco da banda, “Calma da Alma”, que completa duas décadas em 2018. “Faremos um lançamento especial do EP em BH e, depois, em cidades do Sul e do Nordeste. No segundo semestre, planejamos voltar aos Estados Unidos para uma turnê em parceria com Vinny, e também pensamos em fazer um show de comemoração dos 20 anos do nosso primeiro álbum”, adianta o músico, lembrando que o primeiro single do EP, “Marco da Lama”, já está disponível nas redes. “Vamos soltar as outras faixas pela internet durante os próximos dois meses”, explica. 

Loss lembra que, em 2017, o Concreto fez sua terceira passagem pela terra do Tio Sam, onde tocaram no lendário Whisky a GoGo. “Foi emocionante pisar naquele palco, por onde já passaram ídolos nossos como Lemmy, Dio, Ozzy e Van Halen”, reflete. “Às vezes, lamentamos por conseguir tocar num espaço como esse, ter apoio de gente como Vinny Appice e, ainda assim, não ter o devido reconhecimento na nossa cidade. Mas isso faz parte da resistência que é manter uma banda de rock no Brasil por tantos anos. E o nosso foco é o Brasil, por isso nunca abrimos mão de cantar em português. Fazemos pela paixão”.