PARIS - Entre dez mil e 12 mil documentos ficaram danificados depois que uma ruptura nos canos causou um importante vazamento na Biblioteca Nacional da França (BNF), indicou o organismo.

Várias equipes foram imediatamente mobilizadas para retirar dos depósitos as coleções afetadas e que pertencem ao departamento de Literatura e Arte.

"O número de obras afetadas, com distintos graus de gravidade, é da ordem de 10.000 a 12.000, segundo as primeiras estimativas", afirmou a BNF em um comunicado.

A Biblioteca Nacional da França está centrada em limitar as consequências do incidente para os leitores e a conservação das coleções danificadas.

O sindicato FSU considerou que este incidente é resultado da diminuição dos orçamentos dedicados à manutenção do patrimônio cultural.