SÃO PAULO - O conselho curador do Prêmio Jabuti decidiu, na manhã desta sexta-feira (18), desclassificar o livro "Páginas sem Glória" (Companhia das Letras), de Sérgio Sant'Anna, anunciado nesta sexta-feira (18) como o vencedor na categoria contos e crônicas da tradicional premiação literária.

A decisão ocorreu após o questionamento de um editor, que lembrou que a obra inclui um conto, "Entre Linhas", publicado originalmente na antologia "A Literatura Latino Americana do Século 21" (Aeroplano, 2005), organizada por Beatriz Resende. Pelas regras da premiação, podem concorrer ao prêmio somente antologias compostas integralmente por textos inéditos publicados no Brasil.

Com a desclassificação, o livro "Diálogos Impossíveis" (Objetiva), de Luiz Fernando Verissimo, assume o primeiro lugar na categoria. O livro inclui textos publicados anteriormente na imprensa, mas a regra do Jabuti considera, no quesito ineditismo, apenas textos publicados em obras "às quais tenham sido atribuídos ISBN e ficha catalográfica", o que não é o caso da publicação em jornal.

O volume "Aquela Água Toda" (Cosac Naify), de João Anzanello Carrascoza, passou da terceira para a segunda colocação, e "Cheiro de Chocolate e Outras Histórias" (Nova Alexandria), de Roniwalter Jatobá, assumiu o terceiro lugar.

Apenas o primeiro colocado recebe R$ 3.500 e pode concorrer ao grande prêmio de livro do ano de ficção, no valor de R$ 35 mil. O segundo e o terceiro colocado recebem troféus.