Lô Borges está de volta ao Palácio das Artes. Nesta sexta-feira, a partir das 21 horas, o músico leva para o palco do Grande Teatro canções do seu último trabalho (“Horizonte Vertical”, lançado em 2011”) e clássicos do Clube da Esquina como “Um Girassol Da Cor Do Seu Cabelo”, “Clube da Esquina” e “Para Lennon e MacCartney”.

“Pode escrever isso aí: eu não estou cansado de cantar essas canções. Eu me emociono quando ouço as pessoas cantarem e fico feliz em poder cantá-las também. Além disso, são músicas que caminham lado a lado com meu trabalho atual. Não há competição entre um trabalho e outro”, diz.

A banda Transmissor é quem abre a apresentação de Lô Borges. “Acompanho de longe as bandas que vêm despontando aqui em Belo Horizonte e percebo que os artistas estão honrando a produção cultural. O Transmissor, em especial, produz um som que me agradou bastante. Escutei seu último trabalho e gostei da sonoridade moderna. Além disso, esses jovens artistas quase todos são multistrumentistas! Não é para ficar orgulhoso?”.
Lô Borges e a trupe do Transmissor se apresentam dentro do projeto MPB Petrobras – que promove espetáculos de nomes consagrados à preços populares.

Para o show de sábado, os ingressos, que estão sendo vendidos à R$ 20 e R$ 10 (meia-entrada), podem ser adquiridos na bilheteria do Grande Teatro Palácio das Artes e no site www.ingressos.com.