A cerimônia do Grammy 2019, realizada em Los Angeles, começou às 23h deste domingo, (10), pelo horário de Brasília. Antes disso, no entanto, a Recording Academy distribuiu uma série de prêmios.

Destes, a cantora Lady Gaga venceu dois, de melhor performance solo pela música Joanne (Where Do You Think You're Goin'?), e também como melhor música escrita para mídia visual, por Shallow, em parceria com Bradley Cooper, da trilha sonora do filme Nasce Uma Estrela. Logo após o início da transmissão, Gaga conquistou a terceira estaueta, também com Shallow, como melhor performance de duo/grupo pop.

No Grammy 2019, o rapper Kendrick Lamar lidera as indicações, concorrendo em oito categorias. Drake aparece em segundo, com sete. A apresentação da cerimônia será feita pela cantora Alicia Keys.

Dentre os prêmios antecipados, destaca-se também a primeira vitória da cantora Ariana Grande no Grammy. Depois de seis indicações ao longo da carreira, este ano ela levou seu primeiro troféu pelo disco Sweetener (2018), na categoria de melhor álbum vocal pop.

Veja a lista completa dos vencedores do Grammy:

Álbum do ano — Golden Hour, Kacey Musgraves
Gravação do ano — “This Is America,” Childish Gambino
Melhor artista revelação — Dua Lipa
Melhor álbum de rap — Invasion Of Privacy, Cardi B
Melhor álbum de R&B — H.E.R., H.E.R.
Melhor música de rap — “God’s Plan,” Drake
Melhor álbum country — Golden Hour, Kacey Musgraves
Música do ano — “This Is America,” Childish Gambino
Melhor dupla / performance em grupo pop — “Shallow,” Lady Gaga & Bradley Cooper
Produtor do ano, não-clássico — Pharrell Williams
Melhor performance de rap / cantada — “This Is America,” Childish Gambino
Melhor performance de rap — King’s Dead, Kendrick Lamar, Jay Rock, Future & James Blake / Bubblin, Anderson .Paak
Melhor álbum de rock — From The Fires, Greta Van Fleet
Melhor canção de rock — “Masseduction”, St. Vincent
Melhor performance de metal — Electric Messiah, High On Fire
Melhor performance de rock — When Bad Does Good, Chris Cornell
Melhor álbum urbano contemporâneo — Everything Is Love, The Carters
Melhor canção R&B — “Boo’d Up,” Ella Mai
Melhor performance de RR&B tradicional— Bet Ain’t Worth The and, Leon Bridges / How Deep Is Your Love, Pj Morton Featuring Yebba
Melhor performance de R&B — Melhor Part H.E.R. Featuring Daniel Caesar
Melhor álbum de jazz latino — Back To The Sunset, Dafnis Prieto Big Band
Melhor Álbum de grupo de jazz — American Dreamers: Voices Of Hope, Music Of Freedom, John Daversa Big Band Featuring Daca Artists
Melhor álbum de jazz instrumental — Emanon, The Wayne Shorter Quartet
Melhor vocal de jazz — The Window, Cécile Mclorin Salvant
Melhor solo improvisado de jazz — Don’t Fence Me In, John Daversa
Melhor álbum de reggae — 44/876, Sting & Shaggy
Melhor álbum de dance / música eletrônica — Woman Worldwide, Justice
Melhor gravação de dance — Electricity, Silk City & Dua Lipa Featuring Diplo & Mark Ronson
Melhor composição clássica contemporânea — Kernis: Violin Concerto, James Ehnes, Ludovic Morlot & Seattle Symphony
Melhor compêndio clássico — Fuchs: Piano Concerto ‘Spiritualist’; Poems Of Life; Glacier; Rush, Joann Falletta
Melhor álbum clássico solo — Cançãos Of Orpheus - Monteverdi, Caccini, D’india & Landi, Karim Sulayman
Melhor instrumental clássico solo — Kernis: Violin Concerto, James Ehnes
Melhor performance de chamber music— Anderson, Laurie: Landfall, Laurie Anderson & Kronos Quartet
Melhor performance de coral — Mcloskey: Zealot Canticles, Donald Nally
Melhor álbum de ópera — Bates: The (R)Evolution Of Steve Jobs, Michael Christie, Garrett Sorenson, Wei Wu, Sasha Cooke, Edward Parks & Jessica E. Jones
Melhor performance de orquestra — Shostakovich: Symphonies Nos. 4 & 11, Andris Nelsons
Producer clássico do ano — Blanton Alspaugh
Melhor álbum clássico — Shostakovich: Symphonies Nos. 4 & 11, Andris Nelsons & Boston Symphony Orchestra
Melhor álbum pop vocal — Sweetener, Ariana Grande
Melhor álbum pop tradicional vocal — My Way, Willie Nelson
Melhor performance pop solo — Joanne (Where Do You Think You’re Goin’?), Lady Gaga
Melhor canção country — “Space Cowboy,” Kacey Musgraves
Melhor performance country solo / duo — Tequila, Dan + Shay
Melhor performance country solo — “Butterflies,” Kacey Musgraves
Melhor filme de música — Quincy, Quincy Jones
Melhor clipe — “This Is America,” Childish Gambino
Melhor álbum de música regional — No ‘Ane’I, Kalani Pe’a
Melhor álbum tropical latino — Anniversary, Spanish Harlem Orchestra
Melhor álbum de música regional mexicana — ¡México Por Siempre!, Luis Miguel
Melhor álbum de rock, urbano ou alternativo latino — Aztlán, Zoé
Melhor álbum de pop latino — Sincera, Claudia Brant
Melhor álbum falado — Faith - A Journey For All, Jimmy Carter
Melhor álbum infantil — All The Sounds, Lucy Kalantari & The Jazz Cats
Melhor álbum folk — All Ashore, Punch Brothers
Melhor álbum de blues contemporâneo — Please Don’t Be Dead, Fantastic Negrito
Melhor álbum de blues tradicional — The Blues Is Alive And Well, Buddy Guy
Melhor álbum Bluegrass — The Travelin’ Mccourys, The Travelin’ Mccourys
Melhor álbum Americana — By The Way, I Forgive You, Brandi Carlile
Melhor canção American Roots — The Joke, Brandi Carlile
Melhor performance American Roots — The Joke, Brandi Carlile
Melhor álbum New Age — Opium Moon, Opium Moon
Melhor Canção para mídia visual — “Shallow,” Lady Gaga & Bradley Cooper
Melhor trilha sonora para mídia visual — Black Panther, Ludwig Göransson
Melhor compilação para mídia visual — The Greatest Showman, Hugh Jackman (& Various Artists)
Melhor álbum de World Music — Freedom, Soweto Gospel Choir
Melhor álbum gospel Roots — Unexpected, Jason Crabb
Melhor álbum cristão contemporâneo — Look Up Child, Lauren Daigle
Melhor álbum gospel — Hiding Place, Tori Kelly
Melhor canção crista contemporânea — “You Say,” Lauren Daigle
Melhor performance gospel — “Never Alone,” Tori Kelly Featuring Kirk Franklin
Melhor álbum instrumental contemporâneo — Steve Gadd Band, Steve Gadd Band
Melhor álbum de áudio imersivo — Eye In The Sky - 35th Anniversary Edition, The Alan Parsons Project
Melhor disco remixado — “Walking Away (Mura Masa Remix),” Haim
Melhor álbum trabalhado, não-clássico — Colors, Beck
Melhor álbum histórico — Voices Of Mississippi: Artists And Musicians Documented By William Ferris
Melhor notas de álbum — Voices Of Mississippi: Artists And Musicians Documented By William Ferris
Melhor pacote ou edição especial — Squeeze Box: The Complete Works Of “Weird Al” Yankovic, Weird Al Yankovic
Melhor pacote de gravação — Masseduction, St. Vincent
Melhor arranjo, instrumentais e vocal — “Spiderman Theme,” Randy Waldman Featuring Take 6 & Chris Potter
Melhor arranjo, instrumental ou A Capella — “Stars And Stripes Forever,” John Daversa Big Band Featuring Daca Artists
Melhor compossição instrumental — Blut Und Boden (Blood And Soil), Terence Blanchard
Melhor álbum de música alternativa — “Colors,” Beck
Melhor álbum de teatro musical — The Band’s Visit, Original Broadway Cast
Melhor álbum de comédia — Equanimity & The Bird Revelation, Dave Chappelle

Leia mais:
As mulheres e o rap são os grande vitoriosos do Grammy 2019
Lady Gaga vai aos palcos do Grammy após Ariana Grande cancelar participação
Oscar 2019: 'Shallow' é a canção perfeita para um filme pop