Cores de Paraty

Paraty ficou laranja, com as cores do patrocinador da Flip espalhadas pelo ambiente dos casarios históricos. Na Festa Literária, os barcos foram revitalizados e bicicletas do projeto Bike Rio estão espalhadas pelas ruas, para uso gratuito.

Luiz Ruffato

O escritor Luiz Ruffato esqueceu por um momento as letras para assumir o papel de fotógrafo da primeira mesa de debates do Itaú Cultural sobre eventos literários. Disse ter feito os registros para um amigo.

Concorrida

Ingressos esgotados para as 14 mesas na Tenda dos Autores e na Tenda do Telão, mas ainda assim, escritores, turistas e simpatizantes dos livros entram nas filas para tentar comprar uma entrada. Em vão. São informados de que ver os astros da literatura, só pelas transmissões ao vivo.

Cobertura

Jornalistas estrangeiros se misturam aos brasileiros na cobertura da feira literária que é considerada, pelos próprios autores estrangeiros, uma das melhores do mundo. O inglês Ian McEwan, autor de “Reparação” e que fará em Paraty lançamento mundial de seu último romance, “Serena”, voltou ao Brasil também para se divertir. No evento de 2004, a diversão foi proporcionada por uma garrafa de cachaça.