Clic

Verissimo fez piada com a gafe que cometeu há quatro anos, na Flip, quando chamou o evento de Clic. Numa palestra divertidíssima, disse que quem errou foi a plateia, que não o entendeu. Ele teria desejado dizer Clic mesmo, e foi inventando motivos para o "C": de conspiração da literatura, conluio de ideias, circo...

Gabriela

Paraty, que foi cenário do filme “Gabriela”, de Bruno Barreto, nos anos 80, volta à obra de Jorge Amado. Às 11 horas desta quinta (5), debate entre o escritor João Ubaldo Ribeiro e o novelista Walcyr Carrasco, na Casa de Cultura, sobre os cem anos do nascimento do autor baiano.

Novos autores

Lançamento, nesta quinta-feira, da coletânea “Granta – Os melhores Jovens Escritores Brasileiros”, organizada pela curadoria da Flip.  Os nomes dos selecionados são surpresa e só serão revelados nesta tarde.

O sírio

Na abertura da Flip, noite de quarta-feira (4), um dos destaques entre os ouvintes das palestras de Verissimo, Silviano Santiago e Antônio Cícero era o sírio Adonis, 82 anos, de cabelos grisalhos e olhar manso. Ele havia sido convidado duas vezes pela Fliporto, mas problemas de saúde adiaram para este ano sua vinda ao Brasil. Muçulmano, é crítico tanto do regime quanto dos rebeldes do seu país.

Corinthians

Ambiente literário também tem espaço para o futebol.  Paraty não passou ao largo da decisão da Libertadores. Tinha restaurante com TV ligada no jogo e foguetes comemorando a vitória do Timão, ao mesmo tempo em que Lenine fazia o show de abertura da festa literária.