Morreu nesta sexta (19) o escritor e ensaísta italiano Umberto Eco, aos 84 anos. A notícia foi publicada pelo "La Repubblica". A causa da morte, contudo, não foi revelada. Segundo informações do jornal, a família de Eco disse que ele faleceu às 22h30 (horário local) em sua residência.

Escritor, filósofo, semiólogo, linguista e bibliófilo, Eco é mundialmente conhecido pelas obras "O Nome da Rosa" (1980), "Pêndulo de Foucault" (1988) e "O Cemitério de Praga" (2010).

Sua última obra foi "Número Zero", lançado no ano passado. Nele, Eco apresentou um enredo em que a edição de um jornal de 1992 nunca chegava às ruas e servia para chantagear personalidades públicas.