A centenária rede de livrarias Saraiva encerrará as suas atividades em Belo Horizonte, fechando definitivamente a sua unidade localizada no shopping Diamond Mall, de acordo com comunicado da empresa feito aos colaboradores na semana passada.

A loja já estava fechada devido à determinação de suspensão de funcionamento do comércio, por parte da Prefeitura Municipal, para evitar aglomerações e contágio pelo novo coronavírus.

A pandemia, por sinal, prejudicou ainda mais a delicada situação da Saraiva, que passa por um processo de recuperação judicial. "Com nossas lojas fechadas, algumas desde 23 de março de 2020, nossa geração de receita deixou de acontecer", escreve o diretor de negócios da Saraiva, Deric Guilhen, no comunicado.

Guilhen prossegue, observando que "esse é um momento extremamente difícil de enfrentar e sabemos que impactará muitos que nos ajudaram a chegar até aqui. Mas precisamos ser racionais e buscar equalizar os custos".

Sete das 75 lojas serão fechadas. Além da unidade na capital mineira, estão na lista três de São Paulo (Shopping Metrô Santa Cruz, Mooca PlazaShopping e Shopping Vila Olimpia), uma em Brasília (Conjunto Nacional), São Caetano do Sul (Park Shopping São Caetano), na região do ABC paulista, e Canoas (Park Shopping Canoas), no Rio Grande do Sul.