Luxo, conforto e texturas se destacam nos "pisantes" do inverno

Lady Campos - Hoje em Dia
28/02/2016 às 10:49.
Atualizado em 16/11/2021 às 01:36
 (Lú Prézia)

(Lú Prézia)

As propostas são muitas: shorts e vestido curto, para mostrar a irreverência das botas over the knee (com cano que ultrapassa o joelho); mocassim e oxford combinados com pantacourts; e saias longa para exibir as botas de cano curto. Se o calor faz alguns mortais sonhar com temperaturas mais amenas, a lista de desejo inclui roupas das coleções do inverno 2016 e, claro, calçados novos da temporada de frio.
Mix
  Mocassins,oxford, sapato boneca, botas modelo cano curto e over the knee (de cano que ultrapassa o joelho), peep toe ou escarpim? O leque é grande e não necessariamente tem função de aquecer. “A palavra que resume os calçados femininos do próximo inverno é mix porque teremos muitos estilos e muitas tendências. Calçados com personalidade brasileira e adaptados à atual situação que o pais enfrenta”, diz com propriedade Madeleine Muller, curadora dos desfiles da Couromoda 2016, importante feira de calçados e artefatos de couro da América Latina, que aconteceu em janeiro deste ano.
Vitrine para a indústria nacional, a Couromoda ratificou as principais apostas do inverno 2016. Entre elas, três macroten-dências: tomboy, anos 70 e romance, que foram detalhadas para o Hoje em Dia, por Silvia Machado, a nova diretora da Arezzo.

La Bündchen

A famosa marca de calçados inaugura a coleção do inverno 2016 com ninguém mais que Gisele Bündchen. A supermodelo se autofotografou, com um comando de longa distância acoplado à máquina e explorou as belezas do cotidiano na nova coleção. “A Arezzo não havia feito uma parceria tão forte como a da Gisele (Bündchen). Ela não está assinando a coleção, que tem um total de 20 produtos, com logo exclusiva, palmilha diferenciada”, afirma Silvia.
Entre os temas que prometem seduzir a consumidora antenada, o tomboy, segundo Silvia, brinca com o dualismo feminino/masculino e promete estender seu reinado de inverno para o próximo verão.


  Conforto

“Nesta tendência, entram os mocassins, os oxfords, muito calçado em verniz e em preto e branco, com tachas, saltos blocados e multifivelas”. Ela acrescenta ainda que a Arezzo revisitou o estilo utilizando rebites menores e delicados para tirar o ranço de sapato masculinizado que a brasileira torce o nariz.
Resultado da parceria entre a marca Dumond e a blogueira Camila Coutinho, a minicoleção do inverno 2016 tem modelo de calçado que faz referência ao universo masculino. É o caso do slipper com tachinhas douradas. Marcas como Saint Laurent, Givenchy e Louis Vuitton também mostraram calçados neste estilo durante os desfiles do inverno 2016.
Romance ideal   A magia que o calçado de inverno exerce em uma mulher pode ser creditada ao clima de romance que tomou conta das coleções.
Trabalhada com mais opulência, a referência romântica é ancorada em aplicações de pedrarias, tecidos nobres como veludo e jacquard, além de bordados em alto-relevo e o lace up shoes - no bom português, amarrações que continuam firme e forte.

Folk

A terceira tendência em calçados – os anos 70 – injeta longevidade de sobra para manter o clima folk na temporada. E dá-lhe uma lista de referências e elementos herdados da época, como cartela empoeirada de tons camelo, couro mestiço, acamurçados, franjas, barbicachos (aglomerados de franjas enrolados em forma de pingente e a franja no centro delas) e tressês. “Para a Arezzo é importante destacar a força dos tressês e os materiais rústicos. Os tressês estão dentro de nosso DNA”. Silvia aponta a importância das botas com tamanhos de canos diferentes, as de cano curto – western e a de bico arredondado – e as over the knee.

PatBo para Uza Shoes tem 18 calçados

Resultado da parceria entre a marca de moda festa PatBo e a Uza Shoes, a minicoleção, composta por 18 itens, foi inspirada no tema “Vicking nômade” da PatBo e que foi apresentada no inverno 2016 do São Paulo Fashion Week. A estilista Patricia Bonaldi seguiu o mesmo norte, apostando em detalhes preciosos, para a criação dos calçados cheios de estilo. Figuram desde modelos com bordados florais de linha a calçados com texturas em couro e recriados em materiais como suede, palha, corda de seda e cordões. Os produtos PatBo para Uza Shoes serão vendidos nas lojas da PatBo, no site da Uza (www.uzashoes.com.br) e em multimarcas de sapato pelo Brasil. A coleção-cápsula desembarca nas lojas a partir de março com preços médios de R$450,00.
Sucesso da Dumond por Camila Coelho

A história entre a Dumond e a blogger Camila Coelho (Garotas Estúpidas) começou em 2013 quando a moça estampou a capa e o recheio da primeira revista do grupo. Na mesma época, a blogueira participou da primeira coleção-cápsula de quatro peças para a grife. De lá para cá, já são seis coleções, todas sinônimo de sucesso nas lojas da rede. Em média, a parceria Dumond por Camila Coutinho lança cinco peças inéditas e sempre seguindo o calendário de moda. Dessa vez, a nova coleção reúne oito itens (seis calçados e duas bolsas) e começa ser vendida nas lojas em março. O “Garota Estúpidas” tem seis milhões de pageviews por mês e figura em quinto lugar entre os blogs de moda mais influentes de mundo (único brasileiro na ranking), segundo signature9.com.  
Luiza Barcelos para todas as mulheres

As amarrações, assim como nós, voltas e trançados, são suprassumo junto com o colorido e as texturas, na nova coleção da mineira Luiza Barcelos. No inverno 2016 de “Crie Laços – Mulheres que assinam sua própria história”, cartela de preto, branco, turmalina, azul royal e rubi, além de enfeites, pelos e poás.
O conceito colaborativo, desenvolvido por toda a equipe da marca de calçados e bolsas, é inspirado em um mundo digital e altamente conectado, que perdeu um pouco do afeto e do contato. “Crie Laços é um convite às pessoas a não serem reféns da tecnologia, mas saberem usá-la para estreitar as relações. Podemos estar conectados, podemos curtir e compartilhar, mas também precisamos do contato pessoal, da conexão humana, e não apenas virtual”, explica a diretora criativa, Luiza Márcia Barcelos.
Para a campanha do inverno 2016, a marca investe em um filme manifesto produzido com seis modelos, de 18 anos a 55 anos, que representam a multiplicidade da mulher Luiza Barcelos. O texto narrado é marcante e fala sobre os possíveis caminhos dessas mulheres.  

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por