Em seu CD de estreia, a bordo do sucesso “Shimbalaiê”, a cantora Maria Gadú foi logo faturando um disco de platina pela vendagem – e a música foi tocada em todo mundo. Logo após, com o DVD “Multishow Ao Vivo” recebeu disco de platina triplo. Daí veio “Mais uma Página”, produzido por Rodrigo Vidal, que – voilà – também levou a certificação platina para a casa.

Já para seu mais recente trabalho, “Guelã” (Slap/Som Livre), Maria Gadú buscou sonoridades inovadoras, em faixas como “Obloco” e “Tecnopapiro”. O resultado, o público pode conferir hoje e amanhã, no show que a cantora apresenta no Cine Theatro Brasil Vallourec.

Na verdade, a artista – de apenas 28 anos – voltou aos palcos (com a nova turnê) em junho. O espetáculo, que reúne também os músicos Federico Puppi, Lancaster Pinto e Bianca Godói, apresenta, claro, o novo repertório, mas também não exclui as canções dos álbuns anteriores da cantora, em novas versões.

Serviço

Maria Gadu – Turnê “Guelã” – Sexta e sábado, às 21h, no Cine Theatro Brasil Vallourec (Praça Sete). R$ 120 e R$ 60 (meia)