Eletrizante é a melhor palavra para definir a passagem da "V Tour", do grupo Maroon 5 por Belo Horizonte. Contagiando um público de 25 mil pessoas do início ao fim do show, que podia ter sido um pouquinho maior, vale ressalvar, -a banda se apresentou com ótimas performances vocais de Adam Levine.

Os pontos altos da noite foram She will be loved, que teve introdução à capela, assim como Payphone. O público sabia todas as letras na ponta da língua, e estava em sintonia com a banda o tempo todo. Para quem aguardava ansiosamente pelo hit do momento da banda, Sugar foi o encerramento perfeito.

Sempre carismático, Adam dominou e encantou a plateia com sua voz aguda e potente, além do swing que arrancou muitos gritos da multidão - e não somente da ala feminina. Ficou o gosto de quero mais, reservado agora aos fãs de Fortaleza, Rio e São Paulo.

Com a divulgação do álbum atual, o Maroon 5 arrecadou uma das maiores bilheterias com mais de 50 milhões de dólares vendidos para a turnê. "V" já arrematou disco de platina nos Estados Unidos e em dezenas de países, além de ter várias canções no Top 10 da Billboard.