O cineclube “Curta Degustação” dá início, na terça-feira (1º), a uma mostra alusiva ao Golpe de 64, que completa hoje 50 anos (leia mais ao lado, na programação especial de TV). Com colaboração do jornalista e pesquisador Marcos Pierry, o programa selecionou curtas que dialogam com o momento vivido pela sociedade brasileira durante o regime autoritário e personagens da época.

Dentre os filmes selecionados, “O Velho e o Novo”, de Maurício Gomes Leite, cuja primeira exibição registrada foi na própria Imprensa Oficial de MG, sobre a trajetória de Otto Maria Carpeaux. No documentário há o primeiro depoimento registrado em filme de Carlos Drummond de Andrade.

O documentarista Eduardo Coutinho está entre os homenageados, com a exibição do documentário “Coutinho Repórter”. O curta-metragem “O Esplendor do Martírio”, de Sérgio Péo, também está entre os selecionados, assim como o filme de Aluízio Salles Junior, “Solidão”.

Para encerrar a programação, no dia 29/4, será realizado um debate com convidados especiais, que viveram o período do regime militar e que comentarão como foi a produção artística e como a ditadura impactou em suas vidas. Na mesa, o crítico e ensaísta Mario Alves Coutinho, o cineasta e pesquisador Paulo Augusto Gomes, o cineasta Geraldo Veloso e os curadores da mostra. Durante o debate, haverá exibição comentada do trailer de “Terra em Transe”, de Glauber Rocha, e de um trecho do curta “Iracema – Uma Transa Amazônica”, de Jorge Bodanzky e Orlando Senna.

Curta Degustação Especial 50 Anos do Golpe de 64– Sessões semanais gratuitas às terças, de 13h às 13h30. Distribuição de ingressos 30minutos antes. Na Sala Multimídia da Imprensa oficial (av. Augusto de Lima, 270, Centro). Informações: curtadegustacao.blogspot.com