Um músico trabalha, geralmente, para que suas canções sejam conhecidas e cantadas por todos. Há casos em que um artista estoura com um hit e acaba ficando rotulado por ele o resto da carreira. Tem os que se conformam com isso. Mas nem todos querem viver o resto da sua vida artística à sombra de apenas uma música e eternamente no temido grupo dos “cantores de uma canção só’’. E essa segunda tese se encaixa muito bem à carreira do sertanejo Michel Teló.
 
Antes de ser conhecido por seu hit arrasa quarteirão “Ai se Eu Te Pego”, lançado em 2011 e que foi a música mais tocada em 15 países no ano seguinte, Teló já era um cantor, compositor e multi-instrumentista respeitado no meio sertanejo. 
 
O guri, que era integrante do grupo Tradição, já no seu primeiro trabalho solo, em 2009, com a participação da dupla João Bosco & Vinícius, emplacou um dos maiores sucessos da época: “Ei, Psiu Beijo Me Liga”. Sempre na linha do bordão dançante, o segundo CD, “Michel Teló - Ao Vivo”, trouxe a música “Fugidinha”, que foi a canção nacional mais executada em 2010.
 
Mas foi no ano de 2011 que o sertanejo caiu nas graças do público. Ajudado pelos jogadores Neymar e Cristiano Ronaldo que dançavam e interpretavam “Ai se Eu Te Pego”, e pelos cliques frenéticos dos fãs dos atletas e de curiosos pelo YouTube, Teló conseguiu a sexta posição no ranking de venda de músicas digitais com a expressiva marca de 7,2 milhões de cópias baixadas, segundo a Federação Internacional da Indústria Fonográfica (IFPI). Atualmente a canção brasileira é a mais vendida no iTunes Brasil, da América Latina, e no de dez países da Europa.
 
Ainda colhendo os frutos do último sucesso e trazendo músicas do seu novo trabalho, Michel Teló – que está na capital desde terça-feira (8), quando acompanhou a partida entre Brasil e Alemanha, no Mineirão, com a sua namorada, a atriz Thais Fersoza – se apresenta nesta quarta-feira (9) pela primeira vez na Wood’s BH com o show “Michel Teló na Balada – Sunset”.
 
No repertório, os sucessos “Amiga da Minha Irmã”, “Levemente Alterado”, “É Nóis Fazê Parapapa”, “Maria”, “Se Tudo Fosse Fácil” e “Aconteceu” – esta última, composta para a namorada. E, é claro, também vão rolar os hits “Ei, Psiu Beijo Me Liga”, “Fugidinha” e “Ai Se eu Te Pego”. 
 
Ouça a canção "Maria":
 
 
 
SERVIÇO
 
“Michel Teló na Balada – Sunset”
Nesta quarta, a partir das 21h, no Wood’s (Alameda da Serra 154, Vale do Sereno, Nova Lima)
Ingressos: 
Espaço Bud: R$ 80 (masculino), R$ 60 (feminino) e R$ 400 (mesa para quatro pessoas)
Mezanino: R$ 120 (masculino) e R$ 90 (feminino)
Informações: (31) 3567-9589