Moradores de rua de BH são tema de curta-metragem em exibição nesta sexta no Cine Humberto Mauro

Da Redação
almanaque@hojeemdia.com.br
14/01/2022 às 13:42.
Atualizado em 18/01/2022 às 00:53
 (DIVULGAÇÃO)

(DIVULGAÇÃO)

O curta-metragem "Maloca" é uma das atrações da Mostra Cinema e (Re) Invenção, em cartaz a partir desta sexta-feira (14) no Cine Humberto Mauro, do Palácio das Artes.

O evento acontecerá no formato híbrido, com exibições presenciais e on-line pela plataforma da sala de cinema. As sessões possuem versões em libras, legendas para surdos e ensurdecidos (LSE) e audiodescrição.

Dirigido por Daniela Vargas,Carolina Fonseca e Jackson Faeda, "Maloca" é um curta-metragem documental rodado no baixo centro de Belo Horizonte. Os personagens são Joseilson Santos da Silva (o Lagoa) e Luciano Pereira Braz (o 'Palhaço' do sapato vermelho). Entre a liberdade e a violência urbana, os dois homens em situação de rua catam materiais para reciclar e sobreviver à pandemia na capital mineira.

Munidos de iPhone e um estabilizador de imagem, o trio de realizadores registrou um dia na vida de Lagoa e Luciano na Praça da Estação, em Belo Horizonte. A ideia era conhecer a realidade de quem vive em situação rua.

"Foi uma experiência incrível, mas, infelizmente, não conseguimos localizar o Lagoa e o Luciano pra contar que nosso filme foi premiado. Seria maravilhoso ver os dois na sala de cinema assistindo à história deles na tela grande", registra Daniela. "Maloca" será exibido às 19h.

O curta foi realizado com foco no 7º Prêmio BDMG Cultural/Fundação Clóvis Salgado (FCS) de curta-metragem de baixo orçamento e é um dos 20 contemplados da edição de 2021.  Nessa seleção, o prêmio trouxe como princípio norteador o pensamento de um "cinema de invenção", como proposto pelo cineasta e crítico Jairo Ferreira. Assim, as possibilidades criativas são amplificadas, agregando estéticas e conceitos às condições tecnológicas de produção de imagens.

Segundo Bruno Hilário, gerente de cinema da FCS, "é muito gratificante iniciar a programação 2022 do Cine Humberto Mauro com a exibição dos filmes inéditos contemplados pelo edital, que é realizado desde 2013 em parceria com o BDMG Cultural. As obras representam o vigor da produção mineira, tradicional no cenário nacional por valorizar processos de investigação da linguagem cinematográfica".

Leia mais:

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por