Morre o cantor Emílio Santiago no Rio de Janeiro

Hoje em Dia
20/03/2013 às 07:49.
Atualizado em 21/11/2021 às 02:03
 (Divulgação)

(Divulgação)

Morreu nesta quarta-feira o cantor Emílio Santiago. Ele estava internado no Hospital Samaritano, em Botafogo, na zona sul do Rio de Janeiro, desde o dia 7 de março, quando sofreu um acidente vascular cerebral isquêmico (quando não há hemorragia). Santiago tinha 66 anos e estava sozinho em casa quando sentiu-se mal. Foi encontrado pela empregada.

Emílio Santiago começou a cantar em festivais universitários na década de 1970. Participou do programa de calouros de Flávio Cavalcanti, na extinta TV Tupi, e foi crooner da orquestra de Ed Lincoln, além de fazer apresentações em boates e casas de espetáculos noturnas.

Ficou conhecido do grande público com o projeto "Aquarela Brasileira", iniciado em 1988, com sete volumes dedicados à música popular brasileira. O último disco lançado por Emílio Santiago foi "Só danço samba (ao vivo)", lançado em 2012, junto com um DVD. Grandes sucessos foram gravados pelo artista, como "Saygon", "Lembra de Mim" e "Verdade Chinesa". Antes do AVC, ele estava em turnê, com shows marcados para Rio de Janeiro e Campinas.
 

Relembre a música Saygon, um dos sucessos do sambista


Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por