Cenários e monumentos que revelam a beleza e a identidade cultural das cidades de Brasília e Otawa, capital do Canadá, são colocados em cena na exposição “Olhares Cruzados Brasil-Canadá”. A mostra gratuita, parte da 5ª edição da Festa da Francofonia, fica em cartaz desta quinta (21) a 19 de maio na Casa Fiat de Cultural. 

Idealizada pela Câmara de Comércio Brasil-Canadá (CCBC), a exposição é composta por 15 imagens da capital canadense feitas pelo fotógrafo brasileiro Kazuo Okubo e 15 da capital brasileira, registradas pelo canadense Daniel Stanford. 

A partir do olhar cruzado dos dois artistas, as obras apresentam os contrastes e semelhanças entre cores, cenários e construções das duas capitais. As fotos de Brasília revelam a arquitetura e a modernidade da cidade em harmonia com a natureza local, além de um complexo arquitetônico e urbanístico imutável e uma paisagem mais homogênea. Já as imagens de Ottawa mostram como o clima canadense afeta a rotina e a forma como os habitantes e turistas se relacionam com a cidade. 

Na mostra, duas imagens ganham destaque. Uma delas, feita por Stanford, captura a lateral do Teatro Nacional Claudio Santoro, em Brasília. A outra, feita pelo brasileiro Okubo, registra a escultura Maman em diálogo com a Catedral de Notre Dame, em Ottawa. 

Os dois registros exemplificam o conceito da exposição de intercâmbio cultural ao apresentar as principais diferenças e semelhanças entre as duas capitais relativas à paisagem urbana: Brasília como símbolo do modernismo e cenário uniforme e Ottawa formada por múltiplos estilos e tempos que se misturam.

SERVIÇO:
Exposição Olhares Cruzados Brasil-Canadá, de quinta (21) a 19 de maio, na Casa Fiat de Cultura (Praça da Liberdade, 10 – Funcionários). Entrada franca.