A Secretaria de Estado de Cultura e Turismo (Secult) publicou quatro novos editais que, juntos, somam quase R$ 5 milhões em recursos diretos do Fundo Estadual de Cultura (FEC) para projetos voltados ao audiovisual, às festas populares e à Cozinha Mineira.

O edital FEC 03/2021 contemplará produções de curta-metragem dos gêneros documentário e ficção. Ao todo, serão 17 premiações que somam R$ 1.005.720,00, distribuídas em dois módulos. As inscrições poderão ser feitas de 12/06/2021 a 11/07/2021, na Plataforma Digital Fomento e Incentivo à Cultura da Secult. 

No Módulo 1, serão contempladas produções documentais sobre a diversidade da Cozinha Mineira. Os projetos selecionados farão parte do conteúdo seriado denominado Sabores de Minas, que será exibido em plataforma de streaming. Já o Módulo 2 vai premiar obras de ficção que relatem histórias afetivas filmadas em cidades de Minas Gerais, usando seus cenários como pano de fundo para as variações das narrativas. Os projetos contemplados farão parte do conteúdo seriado Amor em Minas, também utilizado em plataforma de streaming.

A singular e diversa tradição culinária de Minas Gerais é objeto do edital “FEC 05/2021 - Cozinha Mineira – Pessoa Física”. A publicação é voltada à realização de projetos culturais de concursos, mostras, festas, feiras e festivais no campo das culturas alimentares e da gastronomia mineiras.

De acordo com o secretário de Estado de Cultura e Turismo, Leônidas Oliveira, além de fortalecerem as políticas públicas correspondentes e valorizarem a diversidade cultural, as publicações oferecem importante apoio a estes segmentos em Minas. “Mesmo neste difícil momento histórico, que estamos vivendo há mais de um ano, a cultura esteve sempre viva. As artes cumpriram ainda mais o papel de trazerem alento e esperança à nossa gente. O que houve, de forma muito significativa, foi a diminuição da circulação de renda no meio. A Secult busca, com o lançamento dos editais, intensificar o fomento ao setor e também impulsionar a já rica produção cultural de Minas Gerais", diz.

Com a proposta de fomentar o setor cultural mineiro, a Secult está divulgando, ao longo do semestre, uma série de editais viabilizados pelo Fundo Estadual de Cultura (FEC). Ao todo, as publicações somam R$ 16 milhões em recursos diretos do FEC para projetos em temas como artes cênicas, música, audiovisual, literatura, culturas populares, artes visuais; além de formação e capacitação; e estruturação de sistemas de cultura.