A Fundação Clóvis Salgado está com inscrições abertas para "Ateliê de Criação: Dramaturgia e Processos Criativos”, uma das atividades da Academia de Ópera, com curadoria do maestro Gabriel Rhein-Schirato e da encenadora de ópera Livia Sabag. Essa atividade consiste em uma formação gratuita e inédita sobre dramaturgia voltada para ópera, que será composta por aulas, debates, entrevistas e a montagem de um espetáculo inédito, baseado em obra de um importante escritor mineiro.

O evento celebra os 50 anos do Palácio das Artes e traz a proposta de iluminar os diversos aspectos dramatúrgicos do campo operístico e sua intersecção com outras áreas, como a composição, a encenação, a programação e a crítica musical. As inscrições podem ser feitas até às 20h de sábado (14), no site da Fundação. O início das aulas será no dia 25.

“A Academia de Ópera 2021 vai conectar o cenário da ópera, sobretudo em Minas Gerais, com os profissionais de teatro e literatura, unindo forças com escritores, jornalistas, poetas, diretores de teatro, músicos e cantores. O intuito é criar novos títulos, estimular o diálogo da ópera com outras manifestações artísticas e com o nosso tempo, além de fomentar o mercado da ópera a partir da criação de obras inéditas”, revela Rhein-Schirato.

A partir de um diagnóstico sobre o cenário da ópera no Brasil, marcado pela execução do repertório tradicional e com vínculo mais próximo do universo da música, os curadores identificaram a necessidade de se criar uma especialização em dramaturgia operística.

“Hoje, temos poucos profissionais no Brasil especializados na criação de libretos. Apesar de vermos um aumento de novos títulos, não existem muitos espaços de formação para dramaturgos no campo da ópera. Por isso, eu afirmo que a “Academia de Ópera 2021: Dramaturgia e Processos Criativos” é um projeto inédito no Brasil, pois aborda a dramaturgia na ópera em vários planos”, explica Livia Sabag.

O Ateliê de Criação será realizado no formato on-line e contará com as participações de renomados artistas, pesquisadores e jornalistas brasileiros e estrangeiros, como Geraldo Carneiro, André Mehmari, Antonio Ribeiro, Denise Garcia, Mauricio De Bonis, Thais Montanari, João Luiz Sampaio, entre outros. 

O Ateliê de Criação selecionará 16 participantes ativos e 26 participantes ouvintes. As vagas serão oferecidas para profissionais interessados no Teatro de Ópera e em seus processos criativos como escritores, cantores, regentes, diretores de cena, compositores, musicólogos, gestores, produtores, jornalistas, educadores, pianistas e intérpretes em geral. Entre os participantes ativos, 5 serão selecionados para escreverem os libretos das óperas que serão compostas e encenadas no final do ano.

Poderão participar do processo seletivo candidatos maiores de 18 anos sem limite máximo de idade. Uma porcentagem mínima de 60% dos participantes será destinada aos candidatos nascidos em Minas Gerais ou residentes há mais de dois anos no estado. Será exigida a comprovação de residência na confirmação de inscrição.

O processo seletivo tanto para os alunos ativos quanto para os alunos ouvintes será realizado através da análise dos currículos, das cartas de interesse e dos vídeos (no caso de cantores). A banca examinadora será composta pelos curadores Gabriel Rhein-Schirato e Livia Sabag.

O resultado será divulgado no site da Fundação no dia 20 de agosto de 2021. Os (as) candidatos (as) aprovados (as) receberão um e-mail no endereço eletrônico informado no formulário de inscrição. Os candidatos aprovados terão até às 20h do dia 23 de agosto para confirmar a inscrição e enviar em anexo o comprovante de residência conforme informado no formulário.