SÃO PAULO - Em nota oficial, o estúdio Paramount Pictures afirma que o diretor Michael Bay e a equipe e o elenco de "Transformers: A Era da Extinção" não se machucou em Hong Kong após um homem invadir o set de filmagem.

Segundo o comunicado, um homem, aparentemente sob influência de drogas, tentou atacar os funcionários da produtora usando um aparelho de ar-condicionado como arma.

A companhia diz que ele já havia abordado outras pessoas, tendo invadido o set em Quarry Bay e arremessado um aparelho de ar-condicionado na direção de Michael Bay, mas afirma que o diretor não foi ferido, uma vez que a empresa de segurança rapidamente entrou em ação.

A polícia teria então prendido o homem e seus dois cúmplices e ninguém do elenco ou da equipe ficou ferida e a produção foi retomada em seguida sem mais incidentes, diz a Paramount.

Relato local

A imprensa local havia afirmado que Bay tinha sido a vítima de um ataque enquanto filmava a nova sequência da saga "Transformers".

A polícia apenas confirmou que um homem de 48 anos chamado Michael foi agredido.

Segundo relatos dados à polícia, os dois homens confrontaram Bay e sua equipe nas filmagens de "Transformers: Era da Extinção", realizadas no distrito de Quarry Bay, alegando que a produção devia a eles dinheiro por utilizar a área no filme.

A polícia mobilizou uma unidade de investigação reservada para casos envolvendo as notórias gangues criminosas locais para resolver o caso.

"Ele ficou ferido no lado direito do rosto, mas se negou a ir para o hospital", afirmou um policial.

O novo "Transformers", com Mark Wahlberg e Nicola Peltz, deve chegar aos cinemas em junho de 2014.