O astro do rock Paul McCartney foi hospitalizado em Tóquio nesta quinta-feira, 22, por causa de uma infecção viral, de acordo com informações do jornal japonês The Sankei Sports.

Diversas publicações americanas, como o USA Today e a Fox, tentaram confirmar as informações com os representantes de McCartney, que se recusaram a comentar o assunto. Em um vídeo que circula na internet, produzido pela agência internacional de notícias Reuters, um fã que estava na frente do hospital disse estar preocupado com a saúde do músico, que cancelou cinco shows da turnê de Out There na Ásia, quatro no Japão e um na Coreia do Sul. O concerto marcado para o dia 28 de maio em Seul seria o primeiro do ex-Beatle em território sul-coreano. 

McCartney, de 71 anos, lamentou o cancelamento, mas reforçou, em um comunicado emitido na terça-feira, que os médicos recomendaram repouso absoluto. O comunicado dizia que o veterano astro da música "ainda não se sente melhor, e o cancelamento é imprescindível". E continua: "Paul está extremamente comovido com as mensagens e ficou decepcionado por estar desapontando os fãs".

A turnê de Out There começou no Brasil em maio de 2013, num show em Belo Horizonte. Na ocasião, segundo reportou o Estado, McCartney liderou o show com a carisma habitual e até arriscou interjeições mineiras. Em seguida, a turnê passou por Goiânia e Fortaleza. Desde então, foram mais de vinte cidades ao redor do mundo. O cancelamento de shows não é uma prática recorrente do músico.

O próximo compromisso de Paul McCartney está marcado para o dia 14 de junho, no Texas. A turnê americana está programada para terminar em agosto, no Candlestick Park, em San Francisco, local do último show oficial dos Beatles em 1966.