Peça 'Closer, Perto Demais', com Luciano Szafir, tem sessões hoje e amanhã em BH

Thais Oliveira - Hoje em Dia
18/09/2015 às 10:05.
Atualizado em 17/11/2021 às 01:47
 (Antônio Filho/Divulgação)

(Antônio Filho/Divulgação)

“Duvido que alguém saia do teatro sem se identificar com algum aspecto da peça. Não há como sair ileso”, afirma Luciano Szafir, sobre a peça “Closer, Perto Demais”. O ator vem à capital mineira para duas apresentações, nesta sexta (18) e sábado (19), no Teatro Bradesco. O título da peça sintetiza bem a proposta da trama: ver mais de perto a natureza humana.   O texto é do dramaturgo inglês Patrick Marber e foi levado aos cinemas em 2004, em produção estrelada por Jude Law, Julia Roberts, Clive Owen e Natalie Portman, dirigidos pelo alemão Mike Nichols (1931-2014). Na montagem brasileira, Szafir divide o palco com Paula Morena, que vive a fotógrafa Anna, e Karen Mota, que dá corpo à stripper Alice. Alex Nader também foi escalado para fazer o escritor Dan, em substituição ao ator Rafael Sardão. “O texto é maravilhoso, porque tem a capacidade de traduzir o ser humano como ele é”, destaca Szafir. Ele assina, juntamente com Paula Moreno, a produção da peça, que tem adaptação e direção de Andrea Avancini.   Em “Closer...”, Szafir, que também está no elenco da novela “Os Dez Mandamentos” (Record), é o médico Larry, “com a mesma personalidade, porém, mais arrogante”, como o próprio descreve. Segundo ele, não foram necessárias muitas outras adaptações, pois o texto é bastante atual. “Apesar de se passar em Londres, se fala pouco sobre isto (a localização geográfica), porque é uma história que poderia existir em qualquer lugar do mundo”, destaca.   Amores líquidos A trama fala sobre dois casais que buscam sentido na vida por meio de seus parceiros. E, assim como em alguns relacionamentos da vida real, a história é pautada por paixões cruéis, arrebatadoras e incontroláveis.   Sentimentos como amor, tristeza, ódio, melancolia, depressão, também não faltam aos personagens. Apesar de apontar tantas fraquezas dos seres humanos, Szafir garante que a proposta não é fazer julgamentos. “Cada pessoa vê estas situações de um jeito. Alguns vão dizer: ‘olha que legal’. Mas outros vão achar um absurdo”.   Serviço “Closer, Perto Demais” tem sessões hoje e amanhã, às 21h, no Teatro Bradesco (rua da Bahia, 2.244). R$ 60 e R$ 30 (meia)

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por