A peça "Intocáveis", prevista para ter sessão, neste sábado (17), às 21h, no Cine Theatro Brasil, na Praça 7, Centro de Belo Horizonte, foi cancelada. A equipe da bilheteria do teatro informou que o ator Ailton Graça perdeu o voo e não conseguiria chegar a tempo de apresentar o espetáculo. A coordenação de cultura do Cine Theatro Brasil acredita que a peça não conta com atores substitutos.

De acordo com o teatro, as pessoas que quiserem ver a peça poderão assisti-la na sessão deste domingo, às 19h. O público também pode pedir a devolução do ingresso.

O ator Marcelo Airoldi, que interpreta o protagonista Phelippe, subiu ao palco do teatro para se desculpar com a plateia. "Nós nos desculpamos. O Ailton ficou preso no aeroporto, no Rio, e não conseguiu embarcar. Infelizmente, essas coisas acontecem e não foi a primeira vez nesta nossa profissão, que é de muita correria. Nós convidamos vocês para a peça amanhã, com o Ailton! Garantimos que vocês vão se divertir", disse Marcelo.

A produção do espetáculo disse que o teatro não permitiu que a peça fosse apresentada sem o Ailton Graça, que interpreta o personagem Driss.

A bilheteria do Cine Theatro Brasil funciona no domingo das 11h às 19h. A coordenação cultural do local informou que não corre o risco de a casa lotar, pois foram vendidos cerca de 200 ingressos. A capacidade do lugar é de 1000 pessoas. Mesmo assim, muitas pessoas ficaram decepcionadas. "Não vou poder vir amanhã, pois trabalho à noite. Fiquei decepcionado, mas essas coisas acontecem", lamentou o enfermeiro Élder Luiz, 33 anos.

O espetáculo

A peça "Intocáveis” é baseada no bem-sucedido longa homônimo, de Éric Toledano e Olivier Nakache, lançado em 2011, que, por sua vez, foi inspirado no livro autobiográfico “O Segundo Suspiro”, de Philippe Pozzo di Borgo.

Com direção de Iacov Hillel, adaptação de José Rubens Siqueira e produção de Marcella Gutmann, trata-se de uma comédia dramática. Na trama, Philippe (Marcello Airoldi) é rico e leva uma vida perfeita. As coisas, porém, mudam quando ele sofre um acidente e fica tetraplégico. Ele precisa de um assistente e acaba contratando Driss (Ailton Graça), que, no entanto, não leva jeito para cuidar de ninguém, menos ainda de alguém naquele estado. A dupla tem tudo para não se dar bem, já que, além das diferenças sociais, são gritantes as divergências ideológicas. No entanto, a despeito de tudo isso, surge entre os dois uma amizade com raízes profundas.