O cantor Eddie Vedder interrompeu um show do Pearl Jam, na segunda (22), em Chicago, para expulsar um homem que brigava com uma mulher entre a multidão de fãs. 

"Tire o seu dedo da cara dessa mulher", disse, apontando para o agressor. "Todos os dedos estão apontados para você, vamos lá, saia daqui, cara".

Quando o homem foi retirado, acompanhado de dois seguranças, o cantor se certificou de que a mulher estava bem, antes de retomar o show com "Lukin". De acordo com o autor do vídeo, o músico contou à plateia que o homem expulso o lembrou do torcedor do time de basebol Chicago Cubs Steve Bartman, que foi escoltado para fora de um estádio, após tocar na bola e atrapalhar o próprio time.

"Não, acho que esse cara era pior. Mando meu amor para Steve Bartman", retificou.