Um dos grandes clássicos do cinema dos anos 1990, “Perfume de Mulher”, filme que rendeu o Oscar ao ator norte-americano Al Pacino, ganha uma adaptação inédita no teatro. O espetáculo homônimo desembarca em Belo Horizonte e fica em cartaz nesta sexta (5) e sábado (6) no Centro Cultural Minas Tênis Clube. 

Produzida ao longo dos últimos oito anos, a peça surgiu de uma conversa informal entre o ator, produtor e roteirista Silvio Guindane e o diretor Walter Lima Jr. “O que nos motivou a trazer essa história para o teatro foi a capacidade de emocionar que o espetáculo tem. É uma história de amor, de possibilidade de vida, de redenção e que diverte o espectador”, conta o ator. 

Ele destaca que, apesar do tempo levado para a produção do espetáculo, a adaptação ocupa os palcos no período certo. “Acho que se ela tivesse estreado em outro momento, não teria tanta força. As pessoas estão mais sozinhas, mais individualistas. Hoje, trazer essa história para o palco é muito significativo”, diz.

Espetáculo

Mantendo cenas icônicas do clássico cinematográfico de 1993 – como o tango dançado pelo protagonista e Sara e a cena da Ferrari, em que, mesmo cego, Fausto dirige o supercarro – a versão teatral adiciona algumas novidades ao enredo.

Baseada no romance do escritor e jornalista italiano Giovanni Arpino – que inspirou os filmes de 1974 e 1993 –, a adaptação dá mais destaque à personagem Sara, interpretada nos palcos por Natália Lage. “Ela não aparece muito no filme americano. No teatro, a presença dela vem como um bônus”, conta a atriz, que destaca a representação do conflito entre o protagonista Fausto e os sentimentos que tem por Sara. 

Além da novidade no enredo, a atriz pontua que a própria atmosfera do teatro também contribui para a história. “Temos a oportunidade de nos emocionar junto da plateia. É sempre inesperado e a cada apresentação é um espetáculo novo. O teatro tem uma vibração que é muito gratificante”, destaca. 

SERVIÇO:
Espetáculo “Perfume de Mulher”, sexta e sábado, às 21h, no Centro Cultural Minas Tênis Clube (Rua da Bahia, 2.244 – Lourdes). Ingressos: R$ 70 (inteira) e R$ 35 (meia).