As inscrições para o 6º Prêmio BDMG Cultural/FCS de Curta-Metragem de Baixo Orçamento foram abertas na última quinta-feira (25) e vão até o dia 10 de agosto. Elas podem ser feitas, de forma gratuita, pelos sites do BDMG Cultural (www.bdmgcultural.mg.gov.br) e da FCS (www.fcs.mg.gov.br). 

A edição deste ano precisou ser adaptada, por conta da Covid-19, e propõe a temática Instante Suspenso: narrativas de um tempo de isolamento, buscando novas reflexões sobre os desafios do tempo presente e retratos históricos deste momento.

“É uma oportunidade não somente de ampliar a participação de produtores de audiovisual em relação a edições anteriores, mas também de produzir um registro histórico e artístico do tempo de isolamento social e crise sanitária que estamos vivendo em 2020”, destaca Gabriela Moulin Mendonça, diretora-presidente do BDMG Cultural. 

Presidente da Fundação Clóvis Salgado, Eliane Parreiras também destaca a importância desta edição: “Buscamos criar novos modelos de produção e formas de interação em toda a programação do Cine Humberto Mauro e nos editais de fomento ao audiovisual, de acordo com a realidade social de isolamento. É necessário torná-los acessíveis, com o intuito de estimular, apoiar e desenvolver o setor e as produções independentes do cenário audiovisual”.

A nova edição aumenta o número de curtas-metragens premiados para 20, com gratificações no valor de R$ 6 mil, cada.

(Com assessoria)

Cine