Contando com enroladinhos de berinjela, recheados com funghi e shitake e acompanhados de uma pururuca vegetal, o prato "Vegano di Buteco" foi o vencedor da 20ª edição do festival Comida di Buteco – uma boa mostra de como o interesse dos brasileiros pela comida vegana tem crescido. De acordo com Sociedade Vegetariana Brasileira, hoje há aproximadamente 7 milhões de veganos no Brasil.

O petisco do bar Tanganica, localizado no Coração Eucarístico, era o único sem ingredientes de origem animal entre 52 concorrentes em Belo Horizonte. O cardápio do estabelecimento tem foco sobre criações gastronômicas veganas. 

Vegano é quem pratica o veganismo, um estilo de vida que exclui totalmente o consumo de qualquer tipo de produto de origem animal, aí incluídos ovos, leite, carne, peixe e mel, por exmeplo 

De acordo com a coordenadora do curso de Nutrição da Faculdade Kennedy, Natalia de Carvalho Teixeira, o veganismo tem ganhado muitos adeptos na contemporaneidade – não só como alimentação restritiva, mas também como uma filosofia de vida pela não exploração de animais – e se tornou um grande desafio para o universo da gastronomia.

“Quando se pensa em um prato de comida de boteco, normalmente o que vem à mente é a carne e todo o prato é desenvolvido a partir dela. O desafio ainda é maior se não puder usar outros produtos de origem animal, como queijo, leite, ovos e manteiga”, afirma a nutricionista. “Os chefs que conseguirem aliar sabor a um prato sem ingredientes de origem animal certamente vão se destacar”.

Segundo Natalia, é totalmente possível ter uma dieta vegana e ter o aporte de nutrientes importantes para a saúde. Para isso, a pessoa deve ter uma preocupação em ter uma alimentação rica em proteínas, ferro e cálcio, que são os principais nutrientes oferecidos por carnes e produtos de origem animal.

“Os pratos veganos devem, especialmente, ter um grande aporte de leguminosas, como feijão, grão de bico e ervilha, que são fontes de proteínas”, explica a nutricionista, acrescentando que os leites de vegetais e a carne de jaca são opções bastante interessantes de uma dieta vegana.

Já a vitamina B12, que só é encontrada nos alimentos de origem animal e é fundamental para o bom funcionamento do coração e do cérebro, deve ser ingerida por meio de suplementos pelos veganos. “Isso não é um grande problema. Os veganos devem estar atentos aos exames de rotina e, caso haja uma baixa na vitamina B12, deve fazer a suplementação”.

De acordo com Filipe Pereira, um dos organizadores do Comida di Buteco, o prêmio principal para o Tanganica não foi uma supresa para o concurso. Ele lembra que o petisco não era o único qusito avaliado pelo público, mas também a higiene, o atendimento e a qualidade da temperatura da bebida.