Os descaminhos do amor na maturidade de quem já viveu muitas frustrações e resolve se entregar a ele no cenário paradisíaco da Ilha da Madeira, em Portugal, com conexões em Paris e em Belo Horizonte. Essa é a história de “Outono do Amor na Ilha das Flores”, segundo livro da professora Nancy Araujo pela Manduruvá.

O primeiro livro havia sido “Pequena Coleção de Palavras e Expressões da Política na Novilíngua Brasileira”. O romance será lançado nesta terça-feira (1º), a partir das 19h, no Cine Belas Artes (rua Gonçalves Dias, 1581, Lourdes). Entrada franca.

O livro é uma história cinematográfica sobre as relações afetivas em plena maturidade. Depois de muitas perdas, fraquezas e decepções, os protagonistas decidem viver o cotidiano de uma paixão intensa, apesar de afastados pela distância continental.

“O mundo é muito pequeno, mon amour. Na nossa juventude era imenso, tudo era muito distante, hoje estamos todos próximos. Basta um toque na tela e estamos juntos. Talvez a palavra saudade até perca o seu significado”, diz um dos trechos da singela publicação.

A autora ainda discorre sobre assuntos como música, política, família, redes sociais entre outros em evidência nos debates da contemporaneidade.