Os fãs de “Game of Thrones” estão em contagem regressiva para o terceiro episódio da última temporada, que será exibido neste domingo (28). A expectativa é pela Batalha de Winterfell, aguardada desde a primeira temporada por apresentar o combate entre os homens e mulheres de Westeros contra o Rei da Noite e seu exército de mortos-vivos. O episódio terá uma hora e 22 minutos, segundo a HBO.

A principal dúvida sobre este episódio é: quem vai morrer? Deve-se lembrar que a grande maioria dos personagens destacados da série está em Winterfell para a batalha. Dos protagonistas, apenas a rainha Cersei Lannister (Lena Headey) está a quilômetros de distância das terras do Norte.

Além do casal Jon Snow (Kit Harington) e Daenerys (Emilia Clarke), também estarão na linha de frente outros personagens adorados pelo público, como Tyrion Lannister (Peter Dinklage), Jaime Lannister (Nikolaj Coster-Waldau), Jorah Mormont (Iain Glen), Sansa Stark (Sophie Turner), Arya Stark (Maisie Williams), Theon Greyjoy (Alfie Allen), Sam Tarly (John Bradley) e Brienne de Tarth (Gwendoline Christie).

Apostas têm sido feitas em todo o mundo sobre os personagens que devem encontrar a morte neste episódio-chave. A própria HBO criou um infográfico sobre as chances de sobrevivência de alguns personagens que pode ser impresso pelo espectador para fazer suas apostas. Confira:

infográfico got hbo

Vale lembrar, que o autor de “As Crônicas de Gelo e Fogo”, George R. R. Martin, matou vários personagens importantes em seus livros – como Ned e Robb Stark. Chegou, inclusive, a matar o protagonista Jon Snow no quinto livro da saga, mas o personagem foi ressuscitado pelos produtores de “Game of Thrones” na produção para a TV – Martin ainda não publicou os dois livros finais da série literária.

Já os criadores do programa de TV, David Benioff e D. B. Weiss, foram bem mais econômicos nas mortes impactantes ao roteirizar a continuação da saga de “Game of Thrones” de forma livre, sem ter mais “As Crônicas de Gelo e Fogo” como base. Claro que houve muita emoção nas temporadas 6 e 7, com a “Batalha dos Bastardos” e a morte de um dos três dragões, mas poucos protagonistas deixaram a série nesse período.

O episódio deste domingo promete ser um marco na história da TV paga mundial. De acordo com a HBO, na América Latina, “Game of Thrones” registrou, nos dois primeiros episódios da última temporada, uma marca superior a 30 milhões de streams por meio da HBO GO, HBO On Demand e de Vídeo On Demand (VOD) das operadoras de TV por assinatura.