*Este texto contém spoilers de todas as temporadas de Game of Thrones

A morte é um elemento banal em Game of Thrones. Da decapitação de Ned Stark, na primeira temporada, à morte por soterramento de Cersei e Jaime, no último episódio, a série provou não poupar ninguém. Como aquecimento para o episódio final de GoT, o Caderno 2 preparou uma lista com dez mortes brutais que mudaram os rumos da batalha pelo trono de ferro:

Viserys Targaryen - Temporada 1, episódio 6

Viserys não era muito querido por ninguém. Arrogante, cruel, sedento por poder, vendeu a própria irmã, Daenerys, em troca de um exército. O que ele não esperava é que Daenerys se tornaria figura importante para os dothraki. Ao exigir a Coroa para si, recebeu de Khal Drogo uma um pouco diferente.


Catelyn e Robb Stark- Temporada 3, episódio 9

O 'Casamento Vermelho' foi um dos momentos mais brutais de Game of Thrones. Inconformado com a quebra de uma promessa antiga, Lorde Walder Frey arquitetou, em parceria com Lorde Roose Bolton, um massacre que levou Robb Stark, Rei do Norte, sua mãe, Catelyn Stark, e sua esposa, Jeyne Westerling - além de 3.500 vassalos do norte.


Joffrey Lannister - Temporada 4, episódio 2

Como Viserys, Joffreys não era lá muito amado - o que não diminuiu o impacto da sua morte. O rei ilegítimo morreu em seu próprio casamento, após tomar vinho envenenado. A morte foi conspirada por Olena Tyrell e Mindinho, que esconderam o veneno no colar de Sansa (que não estava ciente de nada).


Oberyn Martell - Temporada 4, episódio 8

Buscando justiça pela morte de sua irmã, Oberyn se oferece para ser o campeão de Tyrion em seu julgamento por combate. Enfrenta Gregor Clegane, A Montanha. O resultado da batalha pode ser visto abaixo:
 


Tywin Lannister - Temporada 4, episódio 10

O patriarca da família Lannister se envolve com a prostituta Shae, única mulher que seu filho, Tyrion, amou em vida. Ao descobrir o caso, Tyrion enforca Shae até a morte e segue para confrontar seu pai. Encontra-o no banheiro. Enquanto Tyrion confessa seu amor por Shae, Tywin faz questão de chamá-la de repetidamente de prostituta. Tyrion o mata, então, usando uma besta.


Shireen Baratheon - Temporada 5, episódio 9

Adorável, Shireen Baratheon tinha metade da bochecha esquerda e boa parte do pescoço cobertas de pele rachada e escamada, cinza e preta, como consequência de uma doença contraída na infância. Era filha de Stannis Baratheon, herdeiro legítimo do trono após a morte de seu irmão, Robert. Influenciado pela bruxa Melissandre, Stannis ordenou o sacrifício de sua própria filha ao Deus da Luz, na intenção de se tornar rei de Westeros.


​Ramsay Bolton - Temporada 6, episódio 9

Ao torturar Theon Greyjoy e torturar e estuprar Sansa, Ramsay Bolton conseguiu se tornar um dos vilões mais odiados de Game of Thrones. Teve um fim tão sádico quanto toda sua vida: foi devorado pelos próprios cachorros, em uma vingança de Sansa, durante a Batalha dos Bastardos.


Margaery Tyrell e muitos, muitos outros - Temporada 6, episódio 10

A explosão do Septo de Baelor foi um dos grandes eventos de Game of Thrones. Após Lancel Lannister confessar ter dormido com sua prima, Cersei, ela é presa pelos pardais e acusada de vários crimes, incluindo o assassinato do Rei Robert I Baratheon, seu ex-marido. Cersei planeja se livrar da pena em um julgamento por combate, mas seu plano fracassa. Para se vingar dos pardais, planeja a destruição do Septo com fogo-vivo. Praticamente toda a linhagem Tyrell some do mapa.


Lyanna Mormont - Temporada 8, episódio 3

A pequena e brava Lyanna Mormont morreu como heroína. Chefe da casa Mormont desde a morte de sua mãe, Maege, Lyanna se uniu às forças de Jon Snow e Daenerys para enfrentar o Rei da Noite e seu exército de mortos. Foi capturada e esmagada até a morte por um gigante, mas conseguiu levá-lo junto.