O Dia Internacional da Mulher pode ser inspirador para quem está em casa, procurando por algo interessante para assistir na televisão. A Netflix possui em seu catálogo biografias, documentários e obras de ficção sobre mulheres que lutaram, de alguma forma, contra a opressão e o machismo.

O Hoje em Dia escolheu cinco filmes com mulheres inspiradoras que podem ser conferidos atualmente na plataforma de streaming:

“Absorvendo o Tabu” (2018)

Vencedor do Oscar de Melhor Documentário de Curta-metragem, o filme mostra o trabalho de algumas mulheres para que as moradoras das regiões rurais da Índia usem absorvente higiênico durante os períodos de menstruação. Parece difícil de acreditar, mas uma grande maioria de mulheres nesse país não costuma usar absorventes.

“Frida” (2002)

Neste filme americano, Salma Hayek vive a artista que se tornou ícone para mulheres em todo o mundo. A obra mostra a relação conflituosa entre Frida e o marido, Diego Rivera, e toda a sensibilidade levada para os quadros. Uma mulher que quebrou paradigmas na arte e na rígida sociedade mexicana.

“A mulher mais odiada dos Estados Unidos” (2017)

A obra conta a história da ativista ateísta Madalyn Murray O'Hair, que, na década de 1960, decidiu lutar contra a religiosidade de seu país, angariando muitos inimigos. Em nome de um governo laico, ela conseguiu que a Suprema Corte dos Estados Unidos derrubasse a obrigatoriedade da leitura da Bíblia nas escolas públicas.

“Feministas: O Que Elas Estavam Pensando?” (2018)

Neste documentário, a diretora Johanna Demetrakas entrevista mulheres que tiveram posturas feministas ou transgressoras nos anos 70. Entre as entrevistadas, estão a atriz Jane Fonda e a cantora Michelle Phillips, do grupo The Mamas & The Pappas.

“O Sorriso de Monalisa” (2003)

Quem não gosta de filmes que mostram professores transgressores, comprometidos a abrir os olhos de seus alunos frente aos costumes de época? Nesta obra ambientada nos anos 50, a professora Katherine Watson mostra a suas alunas que o mundo pode ter amplas possibilidades e o casamento não é a única opção para as mulheres.

Leia mais:
Dia da Mulher tem marcha contra feminicídio em BH; confira local e horário
Conheça as histórias de voluntárias que se dedicam a empoderar outras mulheres
Flores e bombons? Veja o que as mulheres realmente querem receber neste 8 de março